Eletrobrás: Privatização pode provocar impacto na produção industrial

Estatal se tornará uma empresa sem controlador definido

Esta semana o ministro Vital do Rêgo, do Tribunal de Contas da União, solicitou ao presidente da Eletrobras, Rodrigo Limp Nascimento, informações sobre a privatização da companhia. O ofício foi encaminhado na segunda-feira (2). Rêgo é um dos críticos da privatização. Lembrando que o governo optou por realizar a privatização na forma de uma capitalização.

Segundo a Agência Câmara de Notícias, a União vai oferecer novas ações da Eletrobras na bolsa de valores e, com isso, deixará de ser a acionista controladora. Quando o processo for concluído, a estatal se tornará uma empresa sem controlador definido.

O tema será pauta na próxima quarta-feira (11) de um debate na Câmara da Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e Amazônia sobre o impacto da privatização da Eletrobras para as regiões Norte e Nordeste. Também será debatido o uso múltiplo das águas nessas regiões.

Na avaliação do deputado João Daniel (PT-SE), que propôs o debate, há um grande risco para o país com perda do controle público da Eletrobras, tanto na questão da soberania do setor elétrico, quanto ao perder o comando da grande da malha fluvial nacional.

“Esta privatização provocará também um impacto direto para a cadeia produtiva na indústria, em especial nas regiões Norte e Nordeste, tendo em vista que os aumentos das tarifas de energia que poderão dela advir irão obrigar as empresas a procurarem outros países para desenvolver suas atividades, ou até suspendê-las, sacrificando ainda mais essas regiões, que já sofrem um grande impacto com fim de programas como o Luz para Todos”, afirma o deputado.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Clorin ganha destaque nos lares e empresas brasileiras

A empresa amplia distribuição da marca Milton no Brasil.

Fusões e aquisições expandiram quase 50% no 1º trimestre

A maioria envolveu empresas domésticas (384)

Últimas Notícias

Otimismo dos comerciantes melhora em maio

Segundo a CNC, é o maior nível desde dezembro de 2021.

A nova era do mercado financeiro

Por Alexandre Lodi.

Gasolina a R$ 4 é possível? Sim

Três etapas a serem seguidas para o combustível chegar a um preço justo.

Bolsonaro demonstra estabilidade e Lula consolida liderança

Segundo pesquisa Modalmais/AP Exata divulgada hoje, ambos têm dificuldades em buscar eleitores fora das suas bolhas de apoiadores.