Elevado risco de novo racionamento de energia

Resta apenas rezar para que São Pedro corrija anos seguidos de mau planejamento público e de investimentos insuficientes.

Enquanto o consumo de energia sobe, puxado pelo home office no verão, o nível dos reservatórios desce nas diversas regiões do país. “No Sudeste, cuja estrutura de armazenamento representa 75% do total do sistema nacional, o nível atual de recursos hídricos disponíveis está em apenas 16,87% de sua capacidade total, valor muito abaixo da média histórica para o período (nível de 40% da capacidade no mês dezembro dos últimos 20 anos). A situação só piora com o passar dos dias. Os reservatórios da região Sudeste perdem aproximadamente 0,3 ponto percentual de seus recursos a cada dia. Neste ritmo terminaremos 2020 com pouco mais de 11% da sua capacidade total. Nunca enfrentamos situação parecida no passado recente”, alerta Manuel Jeremias Leite Caldas, doutor em Economia, especialista em energia, consultor associado da RC Consultores.

“A estratégia atual por parte do governo”, avalia Jeremias, em texto da RC, “continuará sendo o aumento da oferta de energia advinda de geradoras térmicas, movimento que já foi responsável pela ativação de aproximadamente 70% da capacidade de geração instalada deste segmento no país desde novembro/20. Estamos usando neste momento entre 15/16 MWm das geradoras térmicas. O espaço adicional da oferta é de, no máximo, mais 7 a 8 mil MWm. Caso não chova o suficiente nas regiões críticas e o consumo continue em alta, restará como saída a importação de energia (que hoje já está em 1.800 MWm e existe pouco espaço para crescimento), ou até mesmo restringir o consumo espontâneo via preços ou racionamento.”

Ao governo, restarão os apelos anedóticos de Bolsonaro para as famílias desligarem a luz e reduzirem o tempo do banho.

 

Direitos importam

Nos 72 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, organizações signatárias do Pacto pela Vida e pelo Brasil realizarão, nesta quinta, das 9h às 12h, o webinário “Direitos humanos importam!” São parceiras na organização deste evento a Academia Brasileira de Ciências, ABI, Comissão Arns, CNBB, OAB e SBPC. O seminário será exibido, ao vivo, no canal de YouTube da OAB e retransmitido nas redes sociais das organizações parceiras.

 

Sem representação

Na votação do projeto BR do Mar, segunda à noite, na Câmara, os partidos dos trabalhadores defendiam as empresas – e por consequência os empregos – nacionais, enquanto os partidos ditos da burguesia aderiam com entusiasmo à entrega da navegação aos estrangeiros.

 

Rápidas

O Instituto Brasileiro de Estudos Políticos (Ibep) divulga a programação de fim de ano: nesta quarta-feira, 18h30, “Relações de trabalho em mutação”, com Márcio Pochmann, professor da Unicamp, e Luiz Antônio Silva, presidente da Federação Nacional dos Telefônicos. Sexta-feira, 18h30, “China e Brasil em perspectiva”, com Elias Jabour, professor da Uerj, e Flávia Vinhaes, presidente do Corecon-RJ. No dia 15 haverá debate sobre feminicídio, coordenado pela escritora e professora Susana de Castro. Transmissões pelo canal YouTube do Ibep *** O Transforma Brasil, iniciativa que estimula o voluntariado e o engajamento cívico, lança nesta quarta-feira o Transforma Rio, que poderá ser acessada em transformario.com

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRio, de quê?
Próximo artigoLeilão de arte milionário

Artigos Relacionados

‘EUA do Mar’ seria considerado crime de lesa-pátria

Na terra de Biden, entregar navegação a estrangeiros é impensável.

Promoção do Carnaval na França

Peças do embaixador de Turismo do RJ Alain Tailard estarão na exposição.

Elerj terá curso de pós-graduação em Orçamento

Convênio prevê aulas sobre Fiscalização e Controle.

Últimas Notícias

Fundos de investimento poderão atuar como formadores de mercado na B3

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) autorizou os fundos de investimento a atuarem como formadores de mercado na B3, a bolsa do Brasil. A...

ABBC: Selic deve subir 1,50 ponto percentual

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) se reúne na próxima terça-feira (7) para decidir sobre a nova Selic, a taxa básica...

Ibovespa fecha a semana em alta

(alta de 0,013%). O volume representou uma extensão do movimento positivo registrado na quinta-feira (2), quando o índice fechou com forte alta de 3,66%,...

China: Incentivos fiscais para investidores estrangeiros

A China anunciou que estendeu suas políticas fiscais preferenciais para investidores estrangeiros que investem no mercado de títulos da parte continental do país. A...

Brasileiro teria renda 6 vezes maior com indústria forte

Entre 1950–70, PIB do País foi multiplicado por 10.