25.6 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, janeiro 22, 2021

Em busca de uma saída

Os servidores ativos da Educação e do Degase do Estado do Rio de Janeiro receberam nesta sexta-feira os vencimentos de dezembro, dentro do prazo (décimo dia útil). Os recursos vêm do Fundeb, que não recebe “sequer um centavo do Governo Federal”, destaca o secretário Wagner Victer. O Fundo é capitalizado pelo ICMS. A notícia ganha mais destaque em meio ao caos que vive a administração estadual no Rio. Victer explica à coluna que o pagamento em dia – os servidores também receberam o 13º integral – é possível devido aos cortes feitos em cargos e gratificações.

O pagamento é importante para atenuar a crise econômica no estado. O atraso que atinge quase todas as demais categorias do funcionalismo repercute na economia fluminense, reduzindo as vendas no comércio e a prestação de serviços. Na prática, em 2016, os servidores tiveram garfados um mês de vencimentos. Um ciclo vicioso, pois quanto menor a movimentação do dinheiro, menor a arrecadação, aumentando o rombo do estado. Muitos dos problemas decorrem da frustração das receitas com impostos, queda provocada pela recessão em que a equipe econômica atolou o país. No caso do Rio, se somam o peso da dívida com a União, a perda de renda com a diminuição do preço do petróleo e os anos de desgoverno. Porém, o governador Luiz Fernando Pezão poderia fazer sua parte, renegociando contratos superfaturados e terceirizações escandalosas. Mas quanto a isto guarda-se tenebroso silêncio.

Com desconto

Caso a situação financeira esteja confortável, tendo algum dinheiro investido, o mais recomendado é o pagamento do IPTU à vista com desconto, que fica na média de 6%, podendo chegar a 10% em algumas cidades. O conselho é de Reinaldo Domingos, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da Dsop Educação Financeira.

Ele lembra que se deve evitar ao máximo recorrer a empréstimos, limites do cheque especial ou qualquer outra forma de crédito, pois isso apenas levaria mais facilmente ao descontrole financeiro, possivelmente transformando a situação em uma bola de neve, considerando os altíssimos juros cobrados.

Na rota

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, garantiu que as obras de duplicação da SP-88, a Rodovia Mogi-Dutra, vão começar a partir de fevereiro. A afirmação foi feita ao deputado federal Roberto de Lucena (PV-SP). A abertura do envelope da licitação estava prevista para 3 de janeiro. No entanto, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) aceitou a interposição do recurso de umas das empresas participantes do processo licitatório. “O governador afirmou que este problema já foi resolvido, e que a licitação foi concluída, possibilitando o início das obras no próximo mês”, assegura o parlamentar.

Cabo

Empresas que não refugam em investir, mesmo com o quadro atual, e querem aproveitar as vantagens logísticas do Aeroporto de Cabo Frio e do Porto do Forno podem se candidatar a áreas em que a Prefeitura de Arraial do Cabo pretende instalar um condomínio industrial. Na última semana, foram desapropriadas quatro locais, com mais de 3 milhões de metros quadrados somados. O município espera, com este investimento, gerar mais 3,5 mil empregos.

Apertem os cintos

A Nissan fará demonstrações reais de condução autônoma na Grã-Bretanha no próximo mês, utilizando o veículo elétrico Leaf. Os testes serão realizados nas ruas de Londres, permitindo que os veículos e seus passageiros percorram uma vasta área urbana.

Duas vias

A Volkswagen lançou um pacote de três anos de revisões pré-pagas para cinco modelos de automóveis. É uma alternativa de movimentar as oficinas das concessionárias em tempos de vendas magras. De quebra, como o valor – R$ 999 – pode ser diluído nas parcelas do financiamento do veículo por meio do Banco Volkswagen, a companhia alemã ganha ainda uns caraminguás com os altos juros cobrados.

Papo reto

Do ex-governador Ciro Gomes, ao responder pergunta de um site se a privatização não seria a melhor opção diante de tantas denúncias de corrupção: “A Odebrecht é estatal?”, no que o repórter admitiu: “Não”. “Está respondida a pergunta”, finalizou o possível candidato à Presidência em 2018.

Rápidas

Estão abertas as inscrições para o curso “Diversidade no Marketing: Sendo inclusivo e não preconceituoso”, que ocorrerá entre 16 e 19 de janeiro, na ESPM-SP. As aulas serão ministradas por Marcus Nakagawa, professor da Graduação e MBA da escola. Informações: (11) 5081-8200 ou ferias@espm.br *** O esporte como instrumento de inclusão social, educação e socialização. Essa é a proposta do Projeto Social Blindando Vidas, que acaba de ser inaugurado no Shopping Jardim Guadalupe (RJ). Haverá um espaço fixo para crianças e jovens entre 4 e 17 anos oferecendo aulas gratuitas de Muay Thai, Kick boxing, Jiu Jitsu e Judô *** O Shopping JK Iguatemi (SP) apresenta neste sábado um show de imagens, com o conteúdo do filme da Disney Moana, Um Mar de Aventuras projetado em uma cortina de água, das 19h30 às 21h30.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.

EUA: expectativa por novos estímulos fiscais traz bom humor

Futuros dos índices de NY estão subindo, mesmo após terem atingidos novos recordes históricos no fechamento do pregão anterior.

Ajustando as expectativas

Bovespa andou na quarta-feira na contramão dos principais mercados da Europa e também dos EUA.

Sudeste produz 87,5% dos cafés do Brasil em 2020

Com mais de 55 milhões de sacas a região é a principal responsável pela maior safra brasileira da história.

Exportação de cachaça para mercado europeu cresceu em 2020

Investimentos será de R$ 3,4 milhões em promoção; no Brasil, já cerveja deve ficar entre 10 e 15% mais cara em 2021.