24.5 C
Rio de Janeiro
sábado, janeiro 16, 2021

Em setembro e outubro 77 mil temporários foram efetivados

O ano de 2020 tem sido desafiador devido à pandemia da Covid-19. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em setembro, o Brasil registrou mais de 13,5 milhões de desempregados. De acordo com a Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem), nos meses de setembro e outubro registrou-se uma taxa média de efetivação de temporários de 22%. Além disso, 18% dos contratos temporários foram alongados na Indústria por mais 30 dias, passando de três para quatro meses.

“Esse cenário otimista de efetivação, com um volume tão alto, não é detectado desde 2014”, afirma o presidente da associação, Marcos de Abreu. “Nos meses de setembro e outubro foram geradas 351.600 vagas temporárias, o que representa mais de 77 mil trabalhadores efetivados”, completa.

Para ele, há um principal fator que tem impulsionado às efetivações: a facilidade. “Muitas empresas estão com seus quadros de pessoal reduzidos e enxergam na modalidade temporária uma excelente alternativa para atender suas demandas. E, quando esse temporário presta um bom trabalho, a empresa vê uma facilidade em sua efetivação, já que este está alinhado com sua função e as diretrizes da empresa”, comenta.

Segundo Abreu, grande parte dessas efetivações é proveniente das contratações temporárias ocorridas no mês de agosto, que foram puxadas pela Indústria para atender a demanda complementar de trabalho em áreas como Alimentos, Farmacêutica, Embalagens, Metalúrgica, Mineração, Automobilística, Agronegócio e Óleo e Gás. Sendo que a maioria das funções efetivadas é proveniente de cargos operacionais, com remuneração de até R$ 2 mil.

“O Trabalho Temporário vem cumprindo seu papel como uma importante solução para a sobrevivência das empresas e o combate ao desemprego, ao ser utilizado para substituição transitória e para demanda complementar de trabalho de forma rápida, eficaz e segura neste momento de incertezas, enquanto garante renda formal para milhares de famílias brasileiras”, frisa.

Abreu reforça que quem está fora do mercado de trabalho deve buscar as vagas temporárias disponíveis. “Para o ano de 2020, a Asserttem estima mais de 1,9 milhão de contratações temporárias, sendo mais de 220 mil para os meses de novembro e dezembro. As boas oportunidades estão aí e o trabalhador deve ir atrás delas”, enfatiza.

Abreu, nesse ano de pandemia, o Trabalho Temporário deve ser visto como a melhor e mais eficiente porta de entrada para o mercado de trabalho e futura chance de alcançar uma efetivação. “A dica para conquistar uma eventual efetivação é o trabalhador temporário mostrar o que pode oferecer para a empresa em termos de competência e experiência profissional, já que as organizações buscam profissionais responsáveis e comprometidos com o negócio. Além de demonstrar disponibilidade e engajamento para o trabalho, com dedicação e com vontade de aprender. Desta forma, a chance desse trabalhador garantir uma vaga efetiva ao término de seu contrato temporário aumenta consideravelmente”, conclui Abreu.

Artigos Relacionados

IGP-10 varia 1,33% em janeiro e acumula 24,49% em 1 ano

O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) variou 1,33% em janeiro. No mês anterior, o índice havia apresentado taxa de 1,97%. Com esse...

Ligeira melhora na confiança dos empresários do RJ

Pesquisa da Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio RJ), divulgada nesta sexta-feira, mostra que 21,3% dos 498 empresários entrevistados do...

Valor bruto da produção agropecuária cresceu 17%

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) registrou crescimento real de 17%.de 2020, ao envolver R$ 871,3 bilhões, maior valor da série histórica desde...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Varejo sente redução no auxílio e alta da inflação

Comércio ficou estável em novembro e quebrou sequência de recuperação.

Senado quer que Pazuello se explique

Pedido de convocação para cobrar ação do Ministério da Saúde no Amazonas.

Lenta recuperação na produção industrial dos EUA

Setor ainda está 3,6% abaixo do nível anterior à pandemia.

Realização de lucros em âmbito global

Bolsas europeias e os índices futuros de NY operam em baixa nesta manhã de sexta-feira.

Desaceleração deve vir no começo do primeiro trimestre

Novo pacote de estímulo fiscal, bem como o avanço da imunização, deve garantir reaceleração em direção ao final do período.