Empreendorismo

Com lançamento previsto apenas para dia 27, Hulk já pode ser visto por fãs mais apressados. No Rio, em frente ao Edifício Avenida Central, na Avenida Rio Branco, no Centro do Rio, camelôs oferecem o filme em DVD. Quem optar por uma produção nacional, pode também assistir a Carandiru, ainda na telona.

Trincheira
O senador Pedro Simon (PMDB-RS) se somou às pressões pelo controle do poder da nomenclatura do Comitê de Política Monetária (Copom). Simon cobrou mais “transparência e democracia” na composição e decisões do Copom sobre política monetária e taxa de juros: “Decisões que afetam profundamente a vida do país e a sociedade brasileira são tomadas a portas fechadas por pessoas que são subalternas ao ministro da Fazenda, apenas”, criticou o senador acrescentando estar “na hora de o governo baixar os juros, pois são tantas as queixas que a Fiesp ameaçou, em tom de provocação, cortar direitos tradicionais dos trabalhadores”.

Artesanato
Para gerar um emprego na indústria automobilística são necessários investimentos de R$ 170 mil; já com apenas R$ 50 é possível garantir o trabalho de um profissional artesão. Nestes tempos de desemprego e poucos empregos com carteira assinada, o artesanato – que movimenta R$ 28 bilhões por ano e ocupa 8,5 milhões de brasileiros – deixa de ser um hobby para se tornar uma alternativa de renda. Para os interessados, a Feira Internacional de Hobby Criativo, Artes e Artesanato será realizada entre 2 e 6 de julho, no Expo Center Norte, em São Paulo.

Conta própria
O segmento “faça você mesmo” vem crescendo exponencialmente no Brasil nos últimos anos e tal crescimento não é motivado só por hobby: a classe média viu crescer a necessidade de fazer por conta própria pequenas melhorias em suas residências, incluindo reparos e adaptações. A Feira Profissional de Bricolagem & Feira Internacional das Indústrias e Fornecedores de Ferramentas, Ferragens e Materiais em Geral, de 2 a 6 de julho, em São Paulo, espera receber 72 mil visitantes e movimentar R$ 1,5 bilhão. O setor chamado de ferragista e bricolagem movimenta R$ 34 bilhões por ano no Brasil.

Frutos
O Programa Frutificar, do governo do Estado do Rio de Janeiro, já gerou 20 mil empregos diretos e indiretos, incorporou cerca de 4 mil hectares de lavouras de fruticultura irrigada  e é responsável pelo incremento de R$ 6,8 milhões à economia das regiões Norte e Noroeste Fluminense. O resultado também é visto fora do campo: o programa fez com que se instalassem nas duas regiões 14 empresas de máquinas e equipamentos para irrigação. Anteriormente, apenas três atendiam naquela área aos projetos de irrigação. O secretário estadual de Agricultura, Christino Áureo, comemora a repetição do bom momento do agronegócio nacional no Rio.

Negócio da Coréia
Organizações brasileiras que quiserem realizar consultas sobre fornecedores sul-coreanos podem recorrer ao Business Oportunity Report (BOR), serviço gratuito oferecido pela Câmara de Comércio Coreana (Kotra). É possível acessar um cadastro atualizado com cerca de 15 mil empresas. Para solicitar o serviço, o empresário deve enviar pedido para [email protected] ou pelo telefone (11) 289-4200.

Alternativas
Das 29.766 mil unidades habitacionais oferecidas ano passado, no município de São Paulo, 21% foram construídas por cooperativas. Esses grupos tiveram participação ainda mais marcante na Grande São Paulo. Quando se considera a produção da região metropolitana de São Paulo, essa participação salta para 44,3%. Segundo os defensores do cooperativismo, o crescimento do movimento somente não é mais acentuado pela falta de uma política nacional de habitação, que crie incentivos às cooperativas habitacionais. Hoje, elas funcionam exclusivamente pelo sistema de autofinanciamento. Infelizmente, as justas reivindicações do movimento estão servindo de bucha de canhão para aprovação da “autonomia” do Banco Central, posta no mesmo balaio do artigo 192, que regulamenta o sistema financeiro.

Montanha
Entre 2001 a 2003 terão sido criadas mais informações do que em toda a história da humanidade: 57 bilhões de gigabytes. Em 2000 foram transmitidos 911 bilhões de e-mails comerciais e 22,5 bilhões de relatórios eletrônicos, números que devem pular para 2,773 trilhões (mais 205%) e 149 bilhões (562%), respectivamente.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBuraco negro
Próximo artigoRumo aos EUA

Artigos Relacionados

Falta de servidores traz prejuízo, inclusive financeiro

Fila de segurados no INSS vai engrossar precatórios em R$ 11 bilhões.

Desmonte do Estado se dá pelas beiradas

Miçangas e espelhos empurram reformas administrativas nos municípios.

O que vale pros precatórios vale pra dívida interna?

Se calotes são defensáveis, poderiam ser estendidos para os títulos públicos.

Últimas Notícias

Distribuição comercial: quais cláusulas e condições mais importantes?

Por Marina Rossit Timm e Letícia Fontes Lage.

Mercado corre do risco em momento de estresse

Se tem uma coisa que o mercado é previsível é com relação ao seu comportamento em momentos de estresse é aversão ao risco. “Nessa...

Petrobras: mais prazo de inscrição no novo Marco Legal das Startups

Interessados em participar do primeiro edital da Petrobras baseado no novo Marco Legal das Startups (MSL) poderão inscrever-se até o dia 12 de dezembro....

Canal oficial para investidor pessoa física na B3

A partir desta sexta-feira, a nova área logada do investidor da B3, lançada em junho, passa a ser o canal que centraliza todas as...

Fitch Ratings atualiza metodologia de Rating de Seguros

A Fitch Ratings, agência de classificação de risco, publicou nesta sexta-feira relatório de atualização de sua Metodologia de Rating de Seguros. Segundo a agência,...