Empresa chinesa adquire a mina de lítio do Zimbábue por 422M de USD

A produtora chinesa de metais do setor de nova energia, Zhejiang Huayou Cobalt Co., Ltd. anunciou na quarta-feira que a empresa expandirá ainda mais seus negócios globais ao adquirir o Arcadia Lithium Project do Zimbábue por 422 milhões de dólares americanos (cerca de 2,69 bilhões de yuans), relatou o Shanghai Securities News na Quinta-feira.

Um trabalhador é visto em uma fábrica de bateria de lítio para uso automotivo em Tangshan, província de Hebei, norte da China, 11 de abril de 2019. (Xinhua / Yang Shiyao)

Xinhua - Silk Road

 

BEIJING, 23 Dez (Xinhua) – A produtora chinesa de metais do setor de nova energia, Zhejiang Huayou Cobalt Co., Ltd. anunciou na quarta-feira que a empresa expandirá ainda mais seus negócios globais ao adquirir o Arcadia Lithium Project do Zimbábue por 422 milhões de dólares americanos (cerca de 2,69 bilhões de yuans), relatou o Shanghai Securities News na Quinta-feira.

A transação deve ser executada entre a Huayou International Mining, uma subsidiária da Huayou Cobalt, e a Prospect Minerals Pte Ltd (PMPL), uma subsidiária em Cingapura da Prospect Resources Ltd, uma empresa de lítio listada na Austrália.

A Huayou International Mining vai desembolsar 378 milhões de dólares americanos para adquirir a participação de 87% da PMPL na Prospect Lithium Zimbabwe (Pvt) Ltd (PLZ), proprietária do Arcadia Lithium Project.

Ao mesmo tempo, a empresa chinesa também concordou em pagar 44,24 milhões de dólares americanos para comprar a participação de 6% da PLZ do Professor Kingston Kajese e os 7% da Tamari Trust, os outros dois acionistas da PLZ.

Após a conclusão da transação, a Huayou International Mining deterá 100% das ações da PLZ, junto com o empréstimo intercompanhia associado.

De acordo com Huayou Cobalt, adquirir PLZ é um passo importante para a empresa expandir seu escopo de negócios e melhorar sua competitividade abrangente, por meio da construção de uma cadeia industrial integrada de materiais de bateria de lítio e melhorando sua capacidade de auto-abastecimento de recursos. Fim

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

China intensifica reforma de classificação de risco no mercado

A China intensificou a reforma no setor de classificação de créditos, à medida que novas regras para melhorar os padrões e regulamentações do setor entraram em vigor em 6 de agosto, em meio ao esforço mais amplo do país para reduzir os riscos financeiros e liberar ainda mais o potencial de seu enorme mercado de títulos.

China aprimora serviços de transporte para atender viagens de verão

A China vem aprimorando os serviços de transporte ferroviário e aéreo na corrida de viagens de verão, a fim de garantir viagens seguras para os passageiros.

Exportações de NEV da China aumentam 37,6% no ano em julho

As exportações de veículos de nova energia (NEV, sigla em inglês) da China registraram um crescimento anual de 37,6%, chegando a 54.000 unidades em julho, segundo os dados da Associação Chinesa de Fabricantes de Automóveis (CAAM).

Últimas Notícias

Fiagros têm captação líquida satisfatória até junho

Esses fundos entraram em operação em agosto de 2021

Vendas financiadas de veículos leves e pesados crescem pouco

Em relação a julho de 2021, no entanto, queda é de 18,8%

Índices influenciaram o mercado nesta semana

Ibovespa encerrou nesta sexta-feira com alta de 2,33%

Petrobras informa sobre venda de direitos minerários de potássio

A Petrobras informa que iniciou a etapa de divulgação da oportunidade (teaser), referente à venda de seus direitos minerários para pesquisa e lavra de...

China aposta no controle da inflação este ano

BPC: condições favoráveis para manter os preços geralmente estáveis