Empresa de frotas Movida planeja oferta púbica

A JSL tem 70,1% das ações da empresa.

A companhia de aluguel de veículos e gestão de frotas Movida disse que tem intenção de fazer oferta pública subsequente primária e secundária de ações e que estaria em contato com assessores financeiros para determinar os termos da operação. A notícia foi divulgada nesta sexta-feira.

A controladora da Movida, o grupo JSL, afirmou em comunicado ao mercado que será acionista vendedora na oferta. A JSL tem 70,1% das ações da Movida.

Conforme apurado pela Reuters, a empresa não mencionou valores da eventual operação, embora o Estadão tenha publicado que o follow on (oferta subsequente) da Movida será de R$ 500 milhões.

A provável ampliação de poder financeiro da Movida impactava o desempenho da rival de maior porte Localiza, cujas ações ampliaram queda e tocaram a mínima da sessão, a R$ 42, após o anúncio da intenção de follow on da concorrente. Às 16:05 desta sexta-feira, os papéis da Localiza caíam 2,09%, a R$ 42,21. As ações da Movida estavam em leilão, após recuarem 2,5%, R$ 16,55.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Indústria de fundos está pronta para investimentos sustentáveis

É hora de a própria indústria de fundos, por meio de iniciativas de autorregulação, preencher o gap regulatório que ainda existe em torno dos...

Índice da B3: Empresas com melhores práticas no mercado de trabalho

A B3, bolsa do Brasil, e a consultoria global, Great Place to Work, anunciaram nesta terça-feira a criação de um novo índice com foco...

CVM: Acordo de R$ 300 mil após autodenúncia de infração

O Colegiado da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) analisou, em reunião nesta terça-feira, propostas de Termo de Compromisso dos seguintes Processos Administrativos (PA) e...

Últimas Notícias

Lei de Melhoria do Ambiente de Negócios no Brasil

Por Letícia Luzia de Sousa Ramos e Renata Homem de Melo.

Para 48%, recém-formados são os mais afetados no mercado de trabalho

Pesquisa feita com mais de 9 mil pessoas descobriu que 25% fazem parte da Geração Nem Nem, que não trabalha nem estuda.

SP registra queda de 13% em mortes de trânsito ante setembro de 2020

Número de óbitos caiu de 455 em setembro do ano passado para 396 no mesmo período de 2021.