Empresas chinesa e egípcia assinam acordos de cooperação no Egito

O Grupo Weichai, uma empresa chinesa fabricante de engenharia, e a empresa egípcia Geyushi Motors assinaram acordos de cooperação sobre transporte verde, fabricação de garrafas de gás, entre outros no Cairo esta semana, disse a Embaixada chinesa no Egito numa declaração na terça-feira à noite.

O Embaixador chinês no Egito Liao Liqiang (3º E, atrás) e o Ministro de Estado da Produção Militar do Egito Mohamed Morsy (5º D, atrás) assistem à cerimônia de assinatura de acordos de cooperação entre o Grupo Weichai da China e a empresa egípcia Geyushi Motors, Cairo, Egito, 26 de dezembro de 2021. O Grupo Weichai, uma empresa chinesa fabricante de engenharia, e a empresa egípcia Geyushi Motors assinaram acordos de cooperação sobre transporte verde, fabricação de garrafas de gás, entre outros no Cairo esta semana, disse a Embaixada chinesa no Egito numa declaração na terça-feira à noite. (Foto por Ahmed Gomaa/Xinhua)

Xinhua - Silk Road
Xinhua – Silk Road

Cairo, 30 dez (Xinhua) — O Grupo Weichai, uma empresa chinesa fabricante de engenharia, e a empresa egípcia Geyushi Motors assinaram acordos de cooperação sobre transporte verde, fabricação de garrafas de gás, entre outros no Cairo esta semana, disse a Embaixada chinesa no Egito numa declaração na terça-feira à noite.

O embaixador chinês no Egito Liao Liqiang, o Ministro do Comércio e Indústria do Egito Nevine Gamea, e o Ministro de Estado da Produção Militar Mohamed Morsy participaram da cerimônia de assinatura, que foi realizada no domingo.

Liao afirmou que durante a 8ª Conferência Ministerial do Fórum de Cooperação China-África, foi anunciado que a China e a África irão implementar conjuntamente nove projetos para promover o comércio, o investimento e o desenvolvimento verde, o que coincide com a estratégia nacional do Egito de promover a transformação verde da estrutura energética e industrial e alcançar o desenvolvimento sustentável.

“As estratégias nacionais de transformação e desenvolvimento sustentável coincidem entre as duas partes”, acrescentou Liao, observando que a China continuará a encorajar e apoiar a participação ativa das empresas chinesas nos projetos de desenvolvimento verde do Egito, de modo a beneficiar melhor os dois países e os povos.

Pela sua parte, Gamea afirmou que a cooperação comercial e industrial é uma parte importante da parceria estratégica abrangente entre o Egito e a China, uma vez que o país árabe está empenhado em desenvolver energias limpas e renováveis e a esforçar-se por atingir objetivos de desenvolvimento sustentável.

“O lado egípcio acolhe mais empresas chinesas para investir e iniciar negócios no Egito, especialmente participando na cooperação verde e em projetos locais de produção”, ele acrescentou.

Morsy expressou também a vontade do Egito de expandir e aprofundar a cooperação com a China em vários setores, especialmente a energia limpa e os projetos locais de produção, de modo a promover um maior desenvolvimento da parceria estratégica abrangente entre o Egito e a China. Fim

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

China intensifica esforços no apoio à construção de cenários de IA

O Ministério da Ciência e Tecnologia da China (MOST) anunciou nesta segunda-feira que apoiaria a construção de dez cenários de aplicação de demonstração de inteligência artificial (IA), a fim de promover o uso de IA e promover um novo motor de crescimento econômico.

Expo internacional de Rota da Seda promove cooperação profunda do C&R

A Sexta Exposição Internacional da Rota da Seda teve início no domingo em Xi'an, capital da Província de Shaanxi, no noroeste da China, com uma cooperação mais profunda do Cinturão e Rota no topo da agenda.

China planeja transformar Wuhan em centro de consumo internacional

A China aproveitará o poder de consumo em Wuhan, Província de Hubei, centro da China, e transformará Wuhan em um centro de consumo internacional, informou o Shanghai Securities News, administrado pela Xinhua, nesta segunda-feira.

Últimas Notícias

Mercado imobiliário dos EUA entra em recessão

Seis em 10 norte-americanos temem não conseguir pagar suas hipotecas em 2023.

Nubank: resultado do 2T22 e a perspectiva de recuperação das ações

Destaque para captação de clientes, mas risco de inadimplência é alto.

Rio CVB: Receita do Rock in Rio acima de US$ 158 milhões

Evento deve gerar pagamento de US$ 7,9 milhões em impostos à cidade.

Anatel recebe cerca de 1 milhão de queixas

Reclamações foram contra serviços de telefonia, internet e TV.

Europa admite 2 pesos na crise na Ucrânia e em Gaza

Cinismo típico da mentalidade colonial