Empresas e trabalhadores se mobilizam para suprir falhas dos governos

Um grupo de 15 grandes empresas e entidades brasileiras se reuniu para doar ao programa Unidos Contra a Covid-19 (unidos.fiocruz.br) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) R$ 1,6 milhão referente a uma usina de produção de oxigênio, que deverá dar suporte aos hospitais públicos do Amazonas. Até este momento, a Fundação doou 5 dessas usinas, com o apoio da iniciativa privada.

Participam do grupo empresas e entidades como Ambev, Coca-Cola, Magalu, Petrobras, WEG e Eletros. A usina possui capacidade para atender a uma unidade hospitalar com 12 leitos de terapia intensiva e 80 leitos de internação e pronto atendimento simultaneamente.

O Fórum das Centrais Sindicais (CUT, Força, UGT, CTB, CSB, NCST) também se mobilizou para firmar um acordo com o Governo da Venezuela para ampliar o fornecimento de oxigênio a Manaus. O país vizinho fornecerá 80 mil litros do gás hospitalar por semana de oxigênio hospitalar à capital do Amazonas, equivalente a três dias de produção das fábricas locais.

As Centrais mobilizarão o trabalho de transporte e distribuição do produto. O primeiro comboio deve chegar ao Brasil na semana que vem. As centrais dos trabalhadores vão mobilizar entidades filiadas e a IndustriAll Brasil neste trabalho para garantir o envio de caminhões à Venezuela. “É uma troca baseada na cooperação e isso se chama solidariedade de classe”, afirma nota das centrais.

Leia mais:

Alerj doa R$ 20 milhões à Fiocruz para auxiliar na produção da vacina

Fiocruz vai liberar 130 milhões da vacina Oxford/AstraZeneca

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Aplicativos mantêm total controle sobre trabalho de entregadores

OIT: o número cresceu 5 vezes nos últimos 10 anos.

Orçamento: Congresso ainda não votou vetos de 2019

O Congresso Nacional deve realizar uma sessão na primeira quinzena de março para analisar vetos do presidente da República a propostas aprovadas pelos parlamentares....

Sistemas de saúde público e privado perto de colapso

Ocupação de UTIs acima de 80% nas capitais; hospitais do interior também estão lotados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Presidente do Banco do Brasil joga a toalha

Centrão tem interesse no cargo.

Imóveis comerciais tiveram estabilidade em janeiro

Nos últimos 12 meses, entretanto, preços de venda e locação do segmento acumulam quedas de 1,32% e 1,18%, respectivamente.

Contas públicas têm superávit de R$ 58,4 bilhões em janeiro

Dívida bruta atinge 89,7% do PIB, o maior percentual da história.

Presidente do Inep é exonerado do cargo

Medida foi publicada no Diário Oficial de hoje; até o momento, não foi anunciado o nome de quem o substituirá.

Primeiro caso de Covid-19 no Brasil completa um ano

Brasil tem novo recorde de mortes diárias, diz Fiocruz; boletim informa que houve ontem 1.148 mortes.