Enem com a cara do governo: excludente

Em 5 anos, governos fundamentalistas de direita recuaram 12 anos.

Bolsonaro disse que as provas do Enem começam a ficar com a cara do governo. Tem razão, mas esqueçam as perguntas calcadas no conservadorismo: ainda tem muita água para rolar antes de vermos questões sobre criacionismo, a Redentora ou Terra plana.

O Enem está ficando a cara dos governos de direita ao excluir, cada vez mais, os alunos que buscam acesso a uma universidade de qualidade. Desde o golpe que derrubou Dilma, em 2016, o número de inscrições confirmadas caiu para menos da metade.

Desde o formato adotado em 2009, o número de inscrições era crescente: de 4,1 milhões naquele ano, atingiu 8,7 milhões em 2014; houve pequena queda em 2015 (7,8 milhões), indo para 8,6 milhões em 2016. Daí para cá, ladeira abaixo (noves fora pequeno repique em 2020), atingindo 4 milhões na edição de 2021.

Assim, em 5 anos, os governos fundamentalistas de direita recuaram 12 anos.

 

Argentinos unidos

Os jornais conservadores brasileiros privaram de seus leitores a informação de que a Frente de Izquierda y de los Trabajadores – Unidad (FIT-U) foi o terceiro bloco mais votado na Argentina, com quase 1,3 milhão de votos, 20% a mais que nas primárias. A FIT-U reúne partidos de orientação trotskista.

Os jornalões preferiram se fixar nos votos obtidos pela direita de cabelos desarrumados ao estilo Boris Johnson.

 

Fake

Muitas mensagens sensacionalistas destacam, na chamada, adjetivos que não se concretizam na mensagem, tipo “fulana humilha beltrano em debate”; quando se assiste ao vídeo, vê-se que a humilhação se restringiu ao destaque dado com objetivo de influenciar a leitura.

Na eleição na Argentina, a mídia conservadora seguiu o mesmo tom: fala de derrota histórica do peronismo. O governo perdeu apenas 1 das 50 cadeiras que tinha em disputa (pode perder mais 1) e a direita tradicional ganhou apenas 1 de 60 que detinha.

Além disso, a coalizão governista mostrou recuperação em relação à surra que tomou nas primárias, indicando que a pressão da vice Cristina Kirchner pode levar o presidente Alberto Fernández para um caminho mais promissor.

 

Mil e uma noites

Feroz na cobrança à “ditadura” na Nicarágua, a mídia brasileira vai, feliz e eufórica, cobrindo os preparativos para a Copa do Mundo no Qatar, país sob controle de uma dinastia desde 1825, no qual não há legislatura independente e os partidos políticos são proibidos.

 

Rápidas

Em webinário nesta quarta, o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Rio de Janeiro (Cosems RJ) lançará o Observatório de Políticas de Saúde, que terá boletins periódicos e indicadores do SUS fluminense. A iniciativa reúne pesquisas de instituições como Uerj, Iesc e UFRJ *** Começa nesta quarta o II Congresso Internacional de Riscos e Seguros e Logística da América Latina, realizado pelo Cist. Inscrições aqui *** “Desenvolvimento de Consultores” é o treinamento online que o Ibef-RJ realizará nestas quarta e sexta e dia 24, das 9h às 12h. “O trabalho de consultoria requer habilidades e competências específicas. É disso que este curso trata”, explica Luiz Affonso Romano. Inscrições aqui.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Promoção do Carnaval na França

Peças do embaixador de Turismo do RJ Alain Tailard estarão na exposição.

Elerj terá curso de pós-graduação em Orçamento

Convênio prevê aulas sobre Fiscalização e Controle.

Governo Bolsonaro não dá a mínima para a indústria

País perde empregos de qualidade e prejudica desenvolvimento.

Últimas Notícias

Contração seguida do PIB configura recessão técnica

A quinta-feira foi marcada pela repercussão dos dados divulgados sobre o Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos...

Renova Energia fecha negócio da Brasil PCH

A Renova Energia, em recuperação judicial, concluiu nesta quinta-feira a venda de sua posição majoritária na Brasil PCH, sociedade que reúne 13 usinas de...

ANP aprova novas regras para firmas inspetoras de combustíveis

A Diretoria da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou nesta quinta-feira (02) a resolução que revisa os requisitos necessários para...

Dia de alta para Petrobras e Braskem

A quinta-feira foi um dia de propensão a risco. “Tivemos uma alta bastante expressiva de alguns papéis na bolsa como Petrobras e Braskem. A...

B3 faz leilão do Fundo de Investimentos da Amazônia

Dia 16 de dezembro, a B3 realizará o leilão de valores mobiliários integrantes da carteira de ações do Fundo de Investimentos da Amazônia (Finam),...