Engarrafamentos aumentam com Uber e cia

Carros não foram para a garagem; quem mudou de veículo foi passageiro de ônibus.

Quando surgiram os aplicativos de transporte individual, tipo Uber, muitos acreditaram que as pessoas largariam os carros em casa e passariam a usar o sistema compartilhado. O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) foi uma das instituições respeitadas que chegaram a acreditar nisso.

A realidade é outra. Pesquisa publicada este mês pelo MIT mostrou que apenas 1% dos veículos particulares ficaram nas garagens. O que perdeu passageiros foi o transporte público, queda de 8,9%. Resultado: mais trânsito. O estudo feito nos Estados Unidos analisando as empresas Uber e Lyft revelou que os congestionamentos urbanos aumentaram 0,9% e duram 4,5% mais. Ineficiência que gera custos.

O que não é questionada é a exploração, ou “uberização”: outra universidade, Stanford, estimou, em 2018, que um motorista de aplicativo ganha US$ 3,37 por hora, antes das taxas, cerca de metade do salário mínimo por hora.

 

Em crescimento

Empresas de apenas um consultor representam 80% das consultorias no país, revela a pesquisa anual Perfil das Empresas de Consultoria no Brasil 2020, levantamento detalhado do mercado, que tem crescido nos últimos anos e mantido perspectivas otimistas. O estudo é realizado pelo Laboratório da Consultoria e a Méttodo Reflexão Estratégica.

De acordo com o consultor Luiz Affonso Romano, responsável pela execução do projeto, problemas empresariais são diferentes e irrepetíveis. “Cada empresa é única, com seu espaço, tempo e circunstâncias e reage de maneira diferente às intervenções”, afirma.

Mas a pesquisa permite um bom retrato do mercado de consultoria no Brasil. Para o ano de 2020, o Perfil das Empresas de Consultoria revelou:

– Participação expressiva das mulheres (40,3%), pelos comparativos de 2014 a 2020;

– Maioria (53,2%) dos consultores têm de 30 a 59 anos;

– Aumento constante de trabalho home office e coworking (61,6%), principalmente com o advento da pandemia.

Interessados podem adquirir a pesquisa na íntegra aqui.

 

Rápidas

A Associação Nacional de Desembargadores (Andes) realizará nesta quinta-feira, às 17h, o webinário “Conciliar: Alternativa ou Solução”, com o presidente da entidade, Marcelo Buhatem, e o desembargador Werson Rêgo. A transmissão será pelo canal da Andes no YouTube *** A escritora e jornalista Jô Ramos participou da 5ª edição do prêmio Notable Brazilian Awards, em reconhecimento por seu trabalho com a literatura nacional *** Neste domingo, às 14h, o rapper e produtor cultural Tonny Boss apresenta em seu canal de Youtube a Roda Cultural Consciente, recebendo o rapper Ramonzin, e a dj Dinna Groove *** Em 20 de janeiro foi realizado um Painel sobre Ciência e Tecnologia por iniciativa do Movimento 2022 O Brasil e o Mundo que queremos (2022brasil.org.br), uma parceria da Universidade de Brasília e a União Planetária. O vídeo pode ser assistido no YouTube.

Leia mais:

Sem combustível novo, economia não anda

Reforma: bancos ganham, arroz pagará mais

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Alerj discute tombamento do Engenhão

Projeto impedirá demolição ou fim da pista de atletismo.

Ensino superior em Portugal sobrevive graças aos alunos estrangeiros

Valor pago pode ser 5x maior que por nacionais.

Construção da P-80 ‘exporta’ 395 mil empregos

Candidatos defendem volta do conteúdo local e fazer reparos de embarcações no Rio.

Últimas Notícias

Alta do dólar ante moedas emergentes pode manter real pressionado hoje

No câmbio, nossa moeda poderá seguir depreciado ante o dólar, uma vez que a moeda americana opera em alta no exterior.

Educação financeira para enfrentar dívida do cartão de crédito

Uma alternativa é a solicitação de empréstimo consignado, que tem juros menores.

Vale testa caminhões de 72 toneladas 100% elétricos

Veículos serão usados nas operações da mineradora em Minas Gerais e da Indonésia

Xangai quer estimular mais o consumo

Será a primeira emissão de cupons eletrônicos para estimular o consumo

Pequenos incidentes cibernéticos podem iniciar grandes problemas

Alerta é do coordenador do Grupo Consultivo de Cibersegurança da Anbima