Enquanto Brasil reduz, consumo de biocombustível no mundo crescerá 8%

Governo brasileiro diminuiu teor de biodiesel no óleo diesel.

A produção e o consumo mundial de biocombustíveis líquidos diminuíram de forma significativa em 2020, devido às restrições de mobilidade e à queda da atividade econômica. Para 2021, a previsão é de um aumento no consumo da ordem de 5% a 8%, impulsionado pela formulação de políticas públicas que incentivam o uso.

De acordo com o “Atlas dos biocombustíveis líquidos 2020-2021”, recentemente publicado pelo Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), em 2020 as matérias-primas mais utilizadas na produção de biodiesel foram os óleos vegetais, entre os quais se destacam o de palma (32%), o de soja (26%) e o de canola (15%). Os 27% restantes correspondem a outras matérias-primas, como os óleos vegetais usados, gorduras animais e outros óleos vegetais virgens. Milho e cana-de-açúcar foram as matérias-primas mais utilizadas na produção de bioetanol, com uma participação de 63% e 30%, respectivamente.

Na contramão do planeta, o presidente Jair Bolsonaro aprovou a decisão do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) de reduzir o teor do biodiesel no óleo diesel de 13% para 10%. A mudança vale para o 82º Leilão de Biodiesel, destinado ao suprimento de novembro e dezembro de 2021.

A Associação dos Produtores de Biocombustíveis do Brasil (Aprobio) considera a decisão como o maior retrocesso já aplicado à Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio). “Cada 1% de biodiesel que se adiciona à mistura do diesel significa milhões em investimentos e bilhões a mais para o PIB do país. Cada 1% significa empregos para milhões de brasileiros e renda para milhares de famílias”, explica Francisco Turra, presidente do Conselho de Administração da Aprobio.

Leia também:

Mal da vaca louca faz Arábia Saudita suspender carne brasileira

2 COMENTÁRIOS

  1. No entanto o custo Brasil será reduzido enormemente. Serão menos caminhoneiros prejudicados com danos às bombas e injetores dos motores, menos entupimento de filtros, menos trocas frequentes de filtros, menor manutenção, menos danos ao óleo lubrificante, menos bombas de postos travando, menos caminhões e ônibus parando por congelamento do biodiesel, isso pra não falar na diferença de preço diesel X biodiesel. Um dia o Brasil vai acordar e seguir o mundo com o HVO. Biodiesel é passado!!!

  2. Quem é a favor do biodiesel não tem carro a diesel, ele enguiça o bico injetor por causa da borra causada pela umidade, um bico injetor de uma picape custa mais de 3.000 reais, quem arca com esse prejuízo?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Rio CVB: Receita do Rock in Rio acima de US$ 158 milhões

Evento deve gerar pagamento de US$ 7,9 milhões em impostos à cidade.

Freixo começa campanha anunciando aumento do salário mínimo regional

Fecomércio diz que 'não se aumenta salário por decreto': 'uma economia que gera emprego é o caminho para melhorar a renda do trabalhador.'

MP pede falência dos Cholocates Pan

Dívidas chegam a R$ 209 milhões; pedido ainda não foi analisado pela Justiça.

Últimas Notícias

Nubank: resultado do 2T22 e a perspectiva de recuperação das ações

Destaque para captação de clientes, mas risco de inadimplência é alto.

Rio CVB: Receita do Rock in Rio acima de US$ 158 milhões

Evento deve gerar pagamento de US$ 7,9 milhões em impostos à cidade.

Anatel recebe cerca de 1 milhão de queixas

Reclamações foram contra serviços de telefonia, internet e TV.

Europa admite 2 pesos na crise na Ucrânia e em Gaza

Cinismo típico da mentalidade colonial

Ação civil para incluir fonte solar em leilão de energia

Associação do setor fala em 'tratamento isonômico para empreendimentos fotovoltaicos participarem de leilões do Governo Federal.'