Enquanto Brasil reduz, consumo de biocombustível no mundo crescerá 8%

Governo brasileiro diminuiu teor de biodiesel no óleo diesel.

A produção e o consumo mundial de biocombustíveis líquidos diminuíram de forma significativa em 2020, devido às restrições de mobilidade e à queda da atividade econômica. Para 2021, a previsão é de um aumento no consumo da ordem de 5% a 8%, impulsionado pela formulação de políticas públicas que incentivam o uso.

De acordo com o “Atlas dos biocombustíveis líquidos 2020-2021”, recentemente publicado pelo Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), em 2020 as matérias-primas mais utilizadas na produção de biodiesel foram os óleos vegetais, entre os quais se destacam o de palma (32%), o de soja (26%) e o de canola (15%). Os 27% restantes correspondem a outras matérias-primas, como os óleos vegetais usados, gorduras animais e outros óleos vegetais virgens. Milho e cana-de-açúcar foram as matérias-primas mais utilizadas na produção de bioetanol, com uma participação de 63% e 30%, respectivamente.

Na contramão do planeta, o presidente Jair Bolsonaro aprovou a decisão do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) de reduzir o teor do biodiesel no óleo diesel de 13% para 10%. A mudança vale para o 82º Leilão de Biodiesel, destinado ao suprimento de novembro e dezembro de 2021.

A Associação dos Produtores de Biocombustíveis do Brasil (Aprobio) considera a decisão como o maior retrocesso já aplicado à Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio). “Cada 1% de biodiesel que se adiciona à mistura do diesel significa milhões em investimentos e bilhões a mais para o PIB do país. Cada 1% significa empregos para milhões de brasileiros e renda para milhares de famílias”, explica Francisco Turra, presidente do Conselho de Administração da Aprobio.

Leia também:

Mal da vaca louca faz Arábia Saudita suspender carne brasileira

2 COMENTÁRIOS

  1. No entanto o custo Brasil será reduzido enormemente. Serão menos caminhoneiros prejudicados com danos às bombas e injetores dos motores, menos entupimento de filtros, menos trocas frequentes de filtros, menor manutenção, menos danos ao óleo lubrificante, menos bombas de postos travando, menos caminhões e ônibus parando por congelamento do biodiesel, isso pra não falar na diferença de preço diesel X biodiesel. Um dia o Brasil vai acordar e seguir o mundo com o HVO. Biodiesel é passado!!!

  2. Quem é a favor do biodiesel não tem carro a diesel, ele enguiça o bico injetor por causa da borra causada pela umidade, um bico injetor de uma picape custa mais de 3.000 reais, quem arca com esse prejuízo?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Valor da internet em Portugal está mais barato

Dados recentes do Eurostat, Serviço de Estatística da União Europeia, referentes a dezembro de 2021, mostra que Portugal lidera na descida de preços dos...

Temor de novo golpe de estado em Honduras

País tem 2 presidentes do Congresso.

Egito restringe viagens em função do avanço da Ômicron

Desde sábado é necessário apresentar certificado de vacinação ou teste negativo para a Covid-19 na chegada ao país.

Últimas Notícias

Valor da internet em Portugal está mais barato

Dados recentes do Eurostat, Serviço de Estatística da União Europeia, referentes a dezembro de 2021, mostra que Portugal lidera na descida de preços dos...

Modal finaliza aquisição da integralidade do banco digital LiveOn

O Modal, banco de investimento, fechou a aquisição de 100% da infratech LiveOn, operação divulgada em outubro de 2021, e só agora aprovada pelo...

Fitch afirma IDRs BB’ e rating nacional ‘AAA do Itaú Unibanco

A Fitch Ratings afirmou nesta segunda-feira os IDRs (Issuer Default Ratings - Ratings de Inadimplência do Emissor) de Longo Prazo em Moedas Estrangeira e...

Balança comercial registra déficit de US$ 117 milhões

A corrente de comércio (soma de exportações e importações) brasileira cresceu 28% e fechou a terceira semana de janeiro em US$ 28,91 bilhões. Os...

Subida de juros assusta investidores

A segunda-feira (24) foi marcada como um dia de aversão a risco com fortes quedas nas bolsas internacionais, observou Jansen Costa, sócio-fundador da Fatorial...