Entendimento para país voltar aos trilhos

As entidades empresariais, especialmente as paulistas, estão, de modo geral, a favor do impeachment. A Fiesp é protagonista das manifestações contra o governo, despejando uma boa quantia do que arrecada para defender sua posição. O Secovi-SP acredita que é o caminho mais efetivo e rápido para a superação da atual crise política. Outras, como a fluminense Firjan, ficam em cima do muro, defendendo um entendimento nacional, mas expressando apoio a Michel Temer e seu desastroso documento “Uma Ponte para o Futuro”. Ledo engano achar que a paralisia do país acabaria varrendo o PT do mapa. A divisão continuaria, e o acirramento dos ânimos levaria a consequências imprevisíveis, mas com certeza desastrosas.

Nesse sentido a Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRio) acena com bom senso – algo que anda raro no país, vide a indicação de Paulo Maluf para compor a Comissão do Impeachment. A entidade carioca propõe que se inicie imediatamente um movimento de integração de todos os setores da sociedade, onde a cidadania seja a protagonista da retomada do desenvolvimento socioeconômico. “Nesse momento, de grave crise política, onde ‘o escárnio venceu o cinismo’, como bem definiu a ministra Carmen Lúcia, com reflexos profundos e desastrosos em todos os setores da economia, a ACRio afirma acreditar nas instituições democráticas, cobrando o cumprimento de seus deveres.”

O Sindicato da Construção Civil de São Paulo (SindusCon-SP) adotou linha semelhante. Chama as lideranças responsáveis da nação a “evitarem que o acirramento dos ânimos sabote o trabalho das instituições que alicerçam o Estado Democrático de Direito, na busca de superação da crise de governabilidade instaurada”. “O Brasil vem sendo gradualmente arrastado para o confronto irracional, a intolerância política e a pauperização econômica. Vamos resgatar o país.”

Primavera da Globo

O engajamento da grande mídia, especialmente as redes de TV, na campanha para derrubar o governo jogou no lixo qualquer disfarce de imparcialidade. O resultado da convocação às ruas foi, porém, bem inferior ao que os grupos de comunicação imaginavam, dando uma real dimensão de sua influência. Em tempos de audiência em queda e venda de jornais e revistas em baixa, a parcialidade é um risco, pois afasta um público mais moderado, para não falar nos que simpatizam com o governo.

Couro grosso

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, precisa vir a público explicar por que o ex-presidente Lula o acusa de ter agido com déficit de formalidade quando buscava sua indicação para o cargo.

Partida histórica

Olivia Hancock, de 10 anos, já conhecida entre esportistas, estrelas de Hollywood e da música por suas mobilizações em apoio a causas humanitárias, tem em mente uma nova missão: recriar a partida histórica entre Brasil e Exeter City Football Club, o primeiro jogo da história da Seleção Brasileira, realizado em 21 de julho de 1914, no Rio de Janeiro.

Para isso, a mascote do time inglês convidou crianças de diversas comunidades cariocas para uma partida amistosa, nesta sexta-feira, às 10h30, no Centro Educacional da Legião da Boa Vontade (LBV), na Av. Dom Hélder Câmara, 3.059, em Del Castilho, na capital fluminense. Olivia tem angariado entre torcedores do Exeter City camisas oficiais para serem entregues às crianças da LBV que participarão do jogo.

O placar daquela partida ainda gere dúvidas – enquanto brasileiros comemoram uma vitória de 2×0, ingleses afirmam ter arrancado um empate de 3×3.

Mal-entendido

Parece que alguns partidos entenderam mal o termo “comissão” do impeachment.

Rápidas

O Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro) lançou uma cartilha que ensina como tirar proveito das lâmpadas LED, opção que promete maior durabilidade, qualidade de iluminação, consumo de energia até 85% menor do que as já existentes no mercado e descarte sustentável – mas por enquanto, a preços salgados. A cartilha está disponível em www.inmetro.gov.br/inovacao/publicacoes/cartilhas/lampada-led/lampadaled.pdf *** A Dígitro Tecnologia vai renovar o sistema de telefonia e de contact center da Prefeitura de São Bernardo Campo (SP). Será utilizada a infraestrutura de rede em fibra ótica da cidade para modernizar toda a plataforma de telefonia corporativa *** A Associação Brasileira de Engenharia Industrial (Abemi) elegeu diretoria e conselho de administração para o biênio 2016-2018. Nelson Romano e Marcelo F.C.A. Corrêa assumiram, respectivamente, os cargos de diretor-presidente e vice *** O governador Geraldo Alckmin estará no 4º Fórum Nacional do Varejo, Consumo e Shopping Centers, neste sábado, no hotel Sofitel Jequitimar Guarujá, litoral de São Paulo *** O Shop4Help tem seis novos projetos sociais em seu cadastro: Casa Ronald Campinas, Apae Curitiba, Grupo pela Vidda/RJ, Associação Beneficente de Combate ao Câncer, Associação Brasileira Interdisciplinar de Aids e Aampara – Associação de Atendimento e Apoio ao Autista, de Curitiba.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Salário mínimo baixo, gasto do Estado alto

Nos EUA, assistência a trabalhadores que ganham pouco custa US$ 107 bi por ano ao governo.

Privatização da Eletrobras aumentará tarifa em 17%

Estatal dá lucro e distribuiu R$ 20 bi em dividendos para a União.

Dois mitos sobre a Petrobras

Mídia acionada pelo mercado financeiro abusa de expedientes que ataca quando usados por bolsonaristas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Presidente do Banco do Brasil joga a toalha

Centrão tem interesse no cargo.

Imóveis comerciais tiveram estabilidade em janeiro

Nos últimos 12 meses, entretanto, preços de venda e locação do segmento acumulam quedas de 1,32% e 1,18%, respectivamente.

Contas públicas têm superávit de R$ 58,4 bilhões em janeiro

Dívida bruta atinge 89,7% do PIB, o maior percentual da história.

Presidente do Inep é exonerado do cargo

Medida foi publicada no Diário Oficial de hoje; até o momento, não foi anunciado o nome de quem o substituirá.

Primeiro caso de Covid-19 no Brasil completa um ano

Brasil tem novo recorde de mortes diárias, diz Fiocruz; boletim informa que houve ontem 1.148 mortes.