Esfarrapado

     
          Na opinião do economista Adriano Benayon, da Universidade de Brasília (UnB), a crise na Europa está servindo para desviar a atenção sobre as crises estadunidense e inglesa, para ele muito mais graves: “Um quarto dos imóveis nos EUA vale menos do que suas hipotecas. Cidades e estados estão em insolvência, grandes companhias falindo, fundos de pensão com pagamentos atrasados. As emissões de dólares em moeda  e em títulos públicos são muito maiores nos EUA que as de euros”, compara, questionando a lógica de um mercado que paga juros de longo prazo inferiores a 2% ao ano para os títulos norte-americanos, enquanto a Itália pratica taxas superiores a 7%.

São os juros!
Benayon faz coro com os que vêem nos juros, e não no montante da dívida, o principal risco dos países-problema da Zona do Euro: “A dívida pública dos EUA atinge 120% do PIB; o déficit orçamentário dos EUA supera 10% do PIB, enquanto a média européia é 4% do PIB; o déficit nas transações com o exterior dos EUA, em 2010, correspondeu a 3,9% do PIB, enquanto a Alemanha teve superávit de 5,7% do PIB, e os déficits da França e da Itália foram de 2% e 3% do PIB”, compara.

Defesa
A Marinha brasileira acabou de adquirir três navios-patrulha oceânicos (NpaOc) novos, construídos pela BAE Systems para Trinidad-Tobago, que desistiu da encomenda. Não houve licitação, pois foi uma “aquisição de oportunidade”. O valor total, que inclui pacotes de munição, sobressalentes, treinamento e documentação, monta a 133,8 milhões de libras, algo perto de R$ 388 milhões.

Céu colorido
A Associação Comercial de São Paulo (ACSP) vai soltar 60 mil balões biodegradáveis nos céus da capital paulista nesta sexta-feira. O presidente da entidade, Rogério Amato, acredita que é importante manter a tradição iniciada pelos mensageiros da ACSP, em 1992, que optaram pelos balões, em vez de papel picado. “Esta comemoração representa o nosso empenho para que São Paulo fique mais bonita e atrativa para seus moradores e turistas”, disse Amato.
Os balões serão soltos às 12h30m, no Pátio do Colégio.

Direto da Flórida
A faculdade norte-americana Ambra College abre as inscrições para sua primeira turma de Business Administration (Administração de Empresas) com mensalidades a partir de US$ 133. O curso é 100% via internet e em português, com diploma dos EUA. Mais informações em www.ambracollege.com

Perda
Faleceu terça-feira, no Rio de Janeiro, o general Sérgio Augusto de Avellar Coutinho, membro emérito do Instituto de Geografia e História Militar do Brasil e membro da Academia de História Militar Terrestre do Brasil.

Custo real
Com os espanhóis submetidos às draconianas medidas exigidas pelos credores para receberem suas dívidas, cresce a pressão para a casa real espanhola ser mais transparente em relação a seus gastos. Assim, pela primeira vez, a monarquia espanhola revelou quanto o rei Juan Carlos embolsa dos contribuintes do país. Este ano, foram 292.752 mil euros (cerca de R$ 710 mil), sendo 140.519 de euros (cerca de R$ 341,5 mil) de salário e 152.233 euros (cerca de R$ 370 mil) para gastos de representação. A verba recebido por Juan Carlos em 2011 equivale a 3,4% dos 8.434.280 euros (cerca de R$ 20,5 milhões) que a Casa do Rei administra.

“Alojamiento y comida”
Além dos ganhos diretos, Juan Carlos não arca com os gastos das residências ocupadas pela monarquia. As contas de luz e gás são bancadas pelo Patrimônio Nacional, que detém a titularidade de todas as residências usadas pela família real. Em outras monarquias, como a britânica, o monarca tem de pedir ajuda ao governo para assumir o pagamento desse tipo de gastos.
     
     

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEscada&elevador
Próximo artigoSegunda chance

Artigos Relacionados

Brics+ será gigante em alimentos e energia

Bloco ampliado desafia EUA rumo a nova ordem mundial.

Para combater Putin, adeus livre mercado

Teto para preço do petróleo é nova sanção desesperada do G7.

Inflação engorda lucros de bilionários de energia e alimentos

Fortunas dos ricaços desses 2 setores aumentaram US$ 1 bilhão a cada 2 dias desde 2020.

Últimas Notícias

Exterior cauteloso pode prejudicar negócios locais

Índices futuros acionários em Nova Iorque operam em queda significante: temores relacionados a uma possível recessão nos EUA.

Marrocos quer se desenvolver como polo de tecnologia

Setor digital emprega 120 mil pessoas no país; país tem investido em acordos e memorandos para aumentar investimento na área.

Ipea prevê crescimento de 1,8% para o PIB em 2022

Setores de agropecuária e industrial devem mostrar relativa estabilidade; ´para 2023, a estimativa é de variação positiva de 1,3%.

Receita paga hoje restituições do segundo lote do IR

Estão sendo depositados R$ 6,3 bi a 4,25 milhões de contribuintes; já o prazo de entrega da declaração anual do MEI termina nesta quinta.

Crise leva 65% dos brasileiros a comprarem marcas mais baratas

Inflação derruba poder de compra, mas é favorável a investimento; para Proteste, dificuldade em pagar contas também é consequência da crise.