Especialista: ICR impulsiona padrões de vida em Turquia

Mais e mais empresas chinesas estão investindo na Turquia, apoiando o desenvolvimento do país, especialmente em infraestrutura, transporte, tecnologia de ponta e setor bancário, disse Sedat Aybar à Xinhua.

Uma cerimônia comemorativa é realizada pelo lançamento bem-sucedido do primeiro trem de carga da Turquia para a China em Xi’an, província de Shaanxi, noroeste da China, 23 dez, 2020. (Xinhua/Li Yibo)

Xinhua - Silk Road

Istambul, 29 jun (Xinhua) — A Iniciativa do Cinturão e Rota (ICR), inspirada na visão global do Partido Comunista da China (PCC), aprimorou os padrões de vida do povo turco, segundo um especialista.

Mais e mais empresas chinesas estão investindo na Turquia, apoiando o desenvolvimento do país, especialmente em infraestrutura, transporte, tecnologia de ponta e setor bancário, disse à Xinhua Sedat Aybar, professor de economia e finanças da Bahcesehir University, com sede em Istambul.

A ferrovia Baku-Tbilisi-Kars que liga Turquia, Azerbaijão e Geórgia, concluída em 2017, tem reduzido o tempo de viagem de transportes entre a China e a Turquia de um mês para 12 dias, observou o especialista.

O primeiro trem da Turquia carregado com mercadorias para o mercado chinês chegou à cidade de Xi’an, noroeste da China, no final de 2020, iniciando uma nova era no transporte ferroviário de mercadorias entre a Ásia e a Europa.

Os horários dos trens cresceram exponencialmente ao longo do tempo, impulsionando as relações comerciais entre a Turquia e a China, observou Aybar.

A China também contribuiu para a construção da Ponte Canakkale de 1915 na Turquia, com o Sichuan Road and Bridge Construction Group da China vencendo a licitação do projeto de içamento de vigas de aço.

A ponte, que atravessa o Estreito de Dardanelos, ligando a Europa e a Ásia no extremo oeste do Mar de Mármara, foi inaugurada em março.

Foto aérea tirada em 14 de abril de 2022 mostra uma vista da usina de energia Emba Hunutlu na vila de Sugozu, na província de Adana, no sul da Turquia. (Foto de Wang Zequn/Xinhua)

Além de infraestrutura e serviços de transporte, a China também investiu na tecnologia de ponta e no setor financeiro, disse Aybar.

A Huawei Turquia começou as suas operações no país em 2002, visando apoiar o desenvolvimento do ecossistema de tecnologia da informação e comunicação da Turquia, incluindo a 5G e a realidade aumentada.

Fabricantes chineses de smartphones, como Xiaomi, OPPO e Vivo, também investiram diretamente na Turquia, gerando milhares de oportunidades de trabalho.

O estabelecimento da subsidiária turca do Industrial and Commercial Bank of China tem financiado vários projetos essenciais no âmbito da ICR desde 2015, apoiando o desenvolvimento econômico, industrial e social da Turquia.

Enquanto isso, Aybar destacou os avanços que a China alcançou em proteção ambiental, espaço, big data, paz e estabilidade globais e luta contra a pobreza global.

O aumento da expectativa de vida da China, a infraestrutura moderna, os níveis crescentes de educação e o aumento do acesso aos serviços de saúde são “todos grandiosos desenvolvimentos”, disse ele.

“Os incríveis desenvolvimentos da China não seriam possíveis sem os tremendos esforços do PCC”, disse Aybar. Fim

Leia também:

Ferrovia China-Laos facilita exportação de grãos de café

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

China intensifica reforma de classificação de risco no mercado

A China intensificou a reforma no setor de classificação de créditos, à medida que novas regras para melhorar os padrões e regulamentações do setor entraram em vigor em 6 de agosto, em meio ao esforço mais amplo do país para reduzir os riscos financeiros e liberar ainda mais o potencial de seu enorme mercado de títulos.

China aprimora serviços de transporte para atender viagens de verão

A China vem aprimorando os serviços de transporte ferroviário e aéreo na corrida de viagens de verão, a fim de garantir viagens seguras para os passageiros.

Exportações de NEV da China aumentam 37,6% no ano em julho

As exportações de veículos de nova energia (NEV, sigla em inglês) da China registraram um crescimento anual de 37,6%, chegando a 54.000 unidades em julho, segundo os dados da Associação Chinesa de Fabricantes de Automóveis (CAAM).

Últimas Notícias

Fiagros têm captação líquida satisfatória até junho

Esses fundos entraram em operação em agosto de 2021

Vendas financiadas de veículos leves e pesados crescem pouco

Em relação a julho de 2021, no entanto, queda é de 18,8%

Índices influenciaram o mercado nesta semana

Ibovespa encerrou nesta sexta-feira com alta de 2,33%

Petrobras informa sobre venda de direitos minerários de potássio

A Petrobras informa que iniciou a etapa de divulgação da oportunidade (teaser), referente à venda de seus direitos minerários para pesquisa e lavra de...

China aposta no controle da inflação este ano

BPC: condições favoráveis para manter os preços geralmente estáveis