Esperança

Impedido de ir ao Sambódromo do Rio acompanhar o desfile da Beija Flor, patrocinada pelo governo do Distrito Federal, e que, et por cause, homenageia o 50º aniversário de Brasília, será que o (ainda) governador José Roberto Arruda vai tamborilar, neste Carnaval, na sua cela na Polícia Federal, o samba da escola, cuja estrofe final diz: “Sou candango, calango e Beija-Flor!/Traçando o destino ainda criança/A luz da alvorada anuncia!/Brasília capital da esperança

Refis fluminense
Pessoas físicas e jurídicas que têm débitos no Estado do Rio de Janeiro gerados até 31 de dezembro de 2008 serão contempladas pelo Refis Estadual. Trata-se de um programa de pagamento e parcelamento de dívidas, fruto de um pleito da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) em razão da crise financeira mundial. A Lei Estadual 5.647 determina que os interessados devem solicitar participação no programa até 30 de abril. Poderão ser pagos ou parcelados em até 120 meses os débitos tributários ou não, inclusive os oriundos de autarquias, além do saldo remanescente dos débitos consolidados de parcelamentos anteriores, mesmo que tenham sido excluídos dos respectivos programas e parcelamentos.

Inclui a dívida ativa
A nova regra aplica-se aos créditos constituídos ou não, inscritos ou não na dívida ativa, mesmo em fase de execução fiscal já ajuizada. Há a possibilidade de liquidação dos débitos à vista mediante a compensação com créditos representados por precatórios judiciais pendentes de pagamento e extraídos contra o Estado do Rio de Janeiro, suas autarquias e suas fundações de titularidade originária do contribuinte ou na condição de sucessor ou cessionário do crédito oferecido.

De artesanal a capitalista
Em busca da notícia. Memórias do Jornal do Brasil, 1901, livro escrito por Nilo Sergio, será lançado no próximo dia 24, no Rio. O livro é fruto da dissertação de mestrado do jornalista e pesquisador e trata, entre outras questões, da dupla transição que ocorre na imprensa brasileira, na passagem para o XX: a de uma imprensa artesanal para uma empresa capitalista e a do discurso literato para o que hoje identificamos como a linguagem jornalística. Foram cerca de 200 edições pesquisadas na Biblioteca Nacional. O lançamento será na sede da Editora Multifoco (Avenida Mem de Sá 126, no Centro), a partir de 19h

Alvo
A disputa entre o PT e sua candidata e a cúpula do PSDB para saber quem é o mais comprometido em manter a política econômica pró-banca visa mais aos financiadores de campanha ou ao eleitorado?

Só por encomenda
Está difícil comprar, nas livrarias, alguns livros escolares para o ensino fundamental. Quem percorrer as livrarias é informado de que determinados livros só podem ser adquiridos por encomenda. A restrição junta-se a uma antiga reclamação dos pais contra o não aproveitamento dos livros escolares nos anos seguintes.

Vai atravessar?
Foliões que acompanham os bastidores das grandes escolas do Rio de Janeiro alertam que, caso o desfile da Mangueira naufrague neste Carnaval, a situação do presidente da escola, Ivo Meirelles, deve ficar bastante tensa. Faltando poucos meses para o Carnaval, Meirelles, que também é músico e foi eleito com apoios pouco ortodoxos, o que levou ao afastamento de muitos componentes da sua administração, avisou que não abandonaria sua carreira para atender a compromissos da escola. Agora, os apoiadores exigem o título.

Máximo do mínimo
O vice-governador Orlando Pessuti do Paraná encaminhou esta semana projeto de lei à Assembléia Legislativa propondo o reajuste do salário mínimo do estado de 9,5% a 21,5%, conforme as várias faixas do mínimo. Caso o projeto seja aprovado pela Assembléia, o piso vai variar de R$ 663 a R$ 765, mantendo o mínimo do Paraná como o maior do Brasil.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSem compaixão
Próximo artigoCusto Brasil

Artigos Relacionados

Plano B dos bilionários dos EUA

Fuga dos impostos, de Trump e dos bloqueios levam a dupla cidadania.

É a inflação, estúpido

Preços não dão trégua a Bolsonaro em ano de eleição.

Brasil: 3% da população, 6% dos desempregados do mundo

Pode colocar na conta de Bolsonaro–Guedes.

Últimas Notícias

Mães: tentativas de fraudes caíram 4% de 2021 para 2022

Apesar da queda no volume, valor de fraudes evitadas foi 9,3% superior no período; já sexta-feira, 13 teve aumento de 120% no último ano.

Indústria deve qualificar 9,6 milhões de pessoas até 2025

Segundo a CNI, '79% da necessidade de formação nos próximos quatro anos serão em aperfeiçoamento.'

Gastos com delivery subiram 24% em 2021 ante 2020

Cada brasileiro gastou, em média, R$ 16,21 por refeição fora do lar.

Exportação de sucata ferrosa cresceu 43% em abril

Preços se acomodaram; após pressão forte no mercado em função da guerra e da China, tendência é de normalização no Brasil.

Correspondentes bancários são punidos por irregularidade em consignado

Sidney: 'assédio comercial leva ao superendividamento do consumidor; isso não interessa a ninguém, nem ao consumidor nem aos bancos'.