Essor Seguros completa 10 anos de operação no Brasil

Nosso principal objetivo é continuar perto de nossos parceiros estratégicos e clientes, desenvolvendo produtos que realmente atendam suas necessidades. Desde 2011, a Essor apresenta um crescimento orgânico com um retorno sobre o patrimônio líquido próximo a 20% a cada ano e índice combinado líquido de 85%. Nosso plano para os próximos dois anos é continuar neste caminho de sucesso, em linha com o plano estratégico da Scor Quantum Leap”, afirma o CEO da companhia, no comando da empresa desde sua chegada ao Brasil, Fabio Pinho.

O Projeto Essor iniciou em 2010, com a discussão do plano de negócio entre duas empresas do mercado segurador francês. Mas, somente em julho/2011 o projeto teve início oficial no Brasil. Em 2012, foi lançada a operação do Seguro Agrícola, com a AgroBrasil (empresa hoje pertencente ao Grupo Scor, uma das maiores resseguradoras mundiais), seguido da operação de seguros voltados para ônibus, com a Livonius. Desde então, a seguradora investe na busca por novos parceiros e produtos distintos e únicos.

Em 2015, a abertura do escritório em São Paulo trouxe algumas iniciativas renovadoras e atraentes. Adicionalmente, a seguradora iniciou projetos para melhorias internas e aumentar a experiência com seus clientes, desenvolveu um novo site com portal de aviso de sinistros online; criou um sistema para sinistros de danos corporais, lançou o portal do corretor e, principalmente, abriu debates e análises internas para desenhar novos produtos para o mercado brasileiro.

Todo este pioneirismo e ebulição de novas ideias, conferiu várias premiações importantes do setor, entre as quais a de Melhor Performance em alguns produtos, Destaque em Inovação por duas vezes seguidas e Personalidade do Ano para o CEO. A performance garantiu também um rating positivo que cresceu rapidamente, sendo uma das melhores seguradoras no ranking de lucratividade, ocupando lugar entre as 10 melhores seguradoras rentáveis de 2020.

Atualmente, a Essor é líder nos segmentos Agrícola e de Transporte (Ônibus), focando em 5 unidades de negócios: Linhas Especiais (Aeronáutico, Embarcações, Penhor Rural, Equipamentos entre outros), Digitais (Residencial, Bike, Imobiliário e Compreensivo), Construção Civil (Qualidade Estrutural e Risco de Engenharia), Transporte (Ônibus, Carga, Transportador e Embarcador) e, por fim, o Agrícola (Safra e Pastagem – Índice).

Além disso, possui parcerias estratégicas com insurtechs e corretoras altamente especializadas, com alto grau de desenvolvimento tecnológico e digital. A seguradora criou, inclusive, uma ferramenta chamada PlugEssor, uma plataforma para fácil integração entre a seguradora e diversos canais, como varejistas, start-up, fintechs, corretoras, entre outros. A previsão da empresa é de que novos produtos ainda sejam lançados até o final de 2021.

Também destaca-se entre os objetivos da seguradora continuar contribuindo de forma transparente para o desenvolvimento do Brasil. “Estaremos cada vez mais próximos dos nossos clientes, auxiliando-os nos entendimentos da natureza dos riscos de cada produto, com o apoio de uma rede de corretores e parceiros. Estes profissionais, por sua vez, receberão novos investimentos e produtos, facilidades e tecnologia para respaldar o seu trabalho junto à seguradora”, explica Pinho.

Para reforçar a experiência e foco no cliente e no corretor, Pinho destaca que os aportes financeiros da seguradora estarão direcionados para “oferecer melhores produtos, aplicar em novas tecnologias e em produtos digitais flexíveis, inclusive por meio de insurtechs e start-ups. E, principalmente, buscar o fortalecimento da nossa presença e o desenvolvimento de produtos diferenciados com os nossos parceiros estratégicos”.

Artigos Relacionados

Aposentado sem pagar INSS é a 1ª ideia legislativa feita por telefone

Extinguir a cobrança de contribuição previdenciária dos aposentados é a primeira ideia legislativa feita por telefone, e não pela internet, que alcançou a marca...

Petrobras diz que pagará dívida de migração de planos

A Petrobras assinou na quarta-feira, junto à Fundação Petrobras e Seguridade Social (Petros), um Termo de Compromisso referente à sua participação paritária para pagamento...

Setor segurador cresce 11% em doze meses até maio

Na evolução dos últimos 12 meses, o setor de seguros apresentou taxa de crescimento de dois dígitos em maio, alcançando expansão de 11%. A...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Taxar dividendos aumentou investimentos na França

Redução, nos EUA e na Suécia, só elevou distribuição de lucros.

Petroleiro tem maior produtividade da indústria no Brasil

Mesmo com setor extrativista, participação industrial no PIB caiu de 25% para 20%.

Exportação cresce, mas só com produtos pouco elaborados

Superávit de quase US$ 7 bilhões até a quarta semana de julho.

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.