Estabilidade

Quer passar quando? ou quer ganhar quanto? Essas são as preocupações de milhares de brasileiros que, sem perspectiva de conseguir um emprego, entram na indústria de concursos, em busca de uma vaga no setor público que, se não garante bons salários, pelo menos permite alguma perspectiva de segurança. Só em 2003, a procura por concurso público aumentou em cerca de 76%, tendo mais de 4 milhões de candidatos em todo o país.
A atividade motivou a realização da 1ª Feira do Concurso, reunindo os principais cursos e editoras do setor. A estimativa é de que o evento, de 8 e 9 de julho, na Fundição Progresso (RJ), receba 15 mil visitantes. Segundo os organizadores da feira, 90% dos aprovados nos concursos são candidatos que estudaram em cursos preparatórios.

Fidel conectado
Originária das redes do Pentágono, a Internet encontrou no presidente de Cuba, Fidel Castro, um defensor entusiástico. Em discurso no Plenário da União de Jornalistas de Cuba, Fidel elogiou o papel da Internet na invasão do Iraque pelos Estados Unidos: “A Casa Branca se preocupa muito mais com a opinião pública dentro dos EUA do que com a do resto do mundo, porque os cidadãos norte-americanos são os que mais têm acesso à Internet”, disse Fidel.
Para o presidente cubano, a comunicação pelo ciberespaço obriga os líderes políticos a elaborarem novas estratégias no campo da informação: “Com a Internet, desaparece o monopólio das grandes transnacionais, em cujas portas não é mais necessário bater para publicar uma notícia”, destaca Fidel, para quem a tecnologia atingiu duramente o monopólio das comunicações, “que foi uma arma fundamental do domínio imperial”.

Exporta
Aumentar a competitividade da micro e pequena empresa exportadora é o objetivo do Projeto de Extensão Industrial Exportadora (Peiex), que será lançado hoje pelo ministro do Desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan, no Fórum das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte. Durante a reunião, que começa às 14h, no auditório do Blue Tree Park, em Brasília, será conhecido o primeiro informe estatístico sobre as micro, pequenas e médias empresas sob o foco do comércio exterior.

Dólares de Moscou
As reservas internacionais da Rússia aumentaram para US$ 85,4 bilhões, em maio, contra US$ 83,2 bilhões, em abril. Esse avanço de US$ 2,2 bilhões se deveu, principalmente, à alta dos preços do petróleo no mercado mundial, à ausência de pagamentos significativos da dívida externa mês passado e às altas taxas de juros (até 20% anuais) sobre os depósitos a prazo em rublos. Embora as reservas tenham atingido o mais alto nível desde fevereiro, a estratégia utilizada obrigará o Banco Central russo a comprar divisas para evitar a valorização excessiva do rublo, o que afetaria as transações externas do país.

Parada
O desembargador da 12ª Câmara Cível, Antonio Felipe Neves, cassou o efeito suspensivo à liminar que garantia a liberação das obras do hotel Rio Universe, projetado pelo arquiteto francês Philippe Starck, na Avenida Vieira Souto, 80, em Ipanema, informa o vereador Rodrigo Bethlem (PMDB), líder do partido na Câmara do Rio e autor da ação popular que pretende impedir a construção do hotel. Na segunda-feira, o próprio desembargador Antonio Felipe Neves havia atendido pleito do município, suspendendo a liminar, decisão reconsiderada ontem.

Lucros na pista
Começa a vigorar amanhã o aumento de 7,04% nos pedágios das rodovias estaduais de São Paulo. A medida abrange estradas que estão concedidas à iniciativa privada e as que são geridas por órgãos do governo estaduais, como Marechal Rondon, Ayrton Senna e Carvalho Pinto. Com o reajuste, o valor mais elevado de pedágio será R$ 13,40 – cobrado nas praças do sistema Anchieta-Imigrantes, que dá acesso à Baixada Santista e ao litoral sul e é administrado pela concessionária Ecovias.
O aumento corresponde à correção anual dos preços, que acontece sempre no mês de julho, com base no acumulado dos últimos 12 meses do IGP-M, que reflete alta de preços no atacado, elevação do dólar, mas não tem nenhuma relação com os custos das concessionárias, que, mesmo assim, reclamam de prejuízo – meramente contábil.

Artigo anteriorPorta de casa
Próximo artigoCasa única
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

No privatizado Texas, falta luz no inverno e no verão

Apagões servem de alerta para quem insistem em privatizar a Eletrobras.

A rota do ‘Titanic’: ameaça de apagão não é de agora

‘Por incrível que pareça, no Brasil, térmicas caras esvaziam reservatórios!’

TCU confirma que União paga R$ 3,8 bi de juros e amortização por dia

Mais de ¼ dos títulos da dívida pública vencem em 12 meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Água, saneamento e crescimento para todos

Há pouco tempo para implantação das metas do novo marco legal.

Automação das matrículas acelera com o uso de biometria facial

Cresce procura por soluções tecnológicas de Reconhecimento Ótico de Caracteres para operações como cadastro dos alunos nos sistemas escolares

Mercado ainda digere Fomc e MP da Eletrobras passa no Senado

O Ibovespa fechou em queda de 0,93%, na esteira dos receios globais e das discussões envolvendo a MP.

Relator vota contra autonomia do BC, mas vista adia julgamento no STF

Lewandowski vota por derrubar a lei, sancionada em fevereiro, que dá autonomia ao BC, mas pedido de vista de Barroso interrompe julgamento.

Abbas recebe credenciais de embaixador brasileiro

Diplomata Alessandro Candeas entregou nesta semana suas credenciais ao presidente da Palestina, Mahmoud Abbas.