Estaleiros darão a volta por cima

Indústria naval brasileira sofre com política do Governo Bolsonaro.

“Os estaleiros navais e seus colaboradores sempre tiveram um grande papel nos resultados alcançados pela indústria brasileira, embora não venham recebendo nos últimos anos o reconhecimento que lhes é devido. Confiamos, entretanto, que em um futuro breve a fase negativa atual chegará ao fim e retomaremos a posição de relevo que conquistamos na Indústria Naval mundial, ao longo de muitos anos de lutas, sacrifícios e vitórias”, destaca Ariovaldo Rocha, presidente do Sinaval, sindicato que representa o setor no Brasil e que completou 67 anos neste dia 25.

Rocha lembra do notável progresso experimentado pelos estaleiros brasileiros, “que evoluíram com o Sinaval e atingiram condições equiparadas às mais avançadas existentes em outros países que têm muito maior tradição nessa atividade industrial, como os europeus, e em pé de igualdade com os atuais expoentes asiáticos em termos de qualidade de seus produtos e excelência de seus trabalhadores”.

 

No comando

A chinesa Zhejiang Huayou Cobalt investirá US$ 300 milhões para desenvolver a mina de lítio de Arcadia, no Zimbábue, adquirida por US$ 422 em abril da australiana Prospect Resources. O mineral é essencial para baterias, demanda de celulares e carros elétricos, entre outros.

 

Não ao preconceito

A Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ acaba de lançar, via YouTube, a campanha “Diga NÃO ao preconceito”. A produção é de Matheus Oliveira, com apoio da Fundação Cesgranrio e do Portal Consultoria em Turismo.

O objetivo, segundo o professor Bayard Boiteux, é alertar à sociedade que todos têm e, acima de tudo, devem defender o direito de seguir a vida conforme a própria escolha. “Somos uma sociedade plural diversa, não podemos tolerar que ninguém negue a nossa história, a nossa negritude. Temos o direito de amar de todas as formas, de professar várias religiões, de ser feliz”, declara Boiteux.

 

Custo

A Unigel, maior produtora de fertilizantes nitrogenados do Brasil, reclama que o frete de navio (cabotagem) de Sergipe para o Rio Grande do Norte era praticamente igual ao cobrado para trazer o produto da Rússia, do Mar Báltico, para cá. Com o BR do Mal, isso só tende a piorar.

 

Rápidas

A Dow, multinacional do setor químico, está com inscrições abertas para a nova edição do seu programa de estágio “Jump to the Future”, com 32 vagas, e estímulo à inscrição de candidatos pretos e pardos, PcDs e LGBTQIA+. Inscrições aqui  *** Estreia em 1º de junho, às 19h30h, o programa Levanta Ao Vivo, com shows musicais autorais, no Teatro Solar de Botafogo. Informações no Instagram @programalevanta *** A 1ª Bienal do Lixo começa nesta quinta e vai até 5 de junho no Parque Villa Lobos, em São Paulo. Christophe Bonaldi, gerente de projetos de valorização e reciclagem da Veolia Brasil, integrará o painel “A energia do amanhã”. Inscrições aqui.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Triste realidade

Em cada 4 bairros do Rio, 1 tem milicianos ou traficantes

Pré-candidatura de Ceciliano ao Senado ganha apoio na Região Serrana

Prefeito do PSB vira as costas para candidato do partido.

Poderes…

‘Como são lindos como são lindos os burgueses’

Últimas Notícias

Geladeiras devem exibir nova etiqueta de eficiência

Comércio varejista tem prazo até 30 de junho de 2023 para continuar vendendo os produtos com a etiqueta antiga.

Mercado pet deve crescer 14% em 2022

Chile é o país que mais importou produtos pets brasileiros no primeiro trimestre; setor prevê novas exportações neste ano.

FGTS vira moeda do governo para movimentar a economia

Atualização monetária das contas do Fundo não acontece e trabalhador continua no prejuízo.

EUA: tiroteio em escola bate maior número em 20 anos

Segundo relatório, houve apenas 23 incidentes com vítimas fatais durante o ano letivo de 2000/2001.

Bebidas Online busca captar R$ 2 milhões com pessoas físicas

Com crescimento projetado de 19% para 2022, startup de delivery de bebidas usará recursos nas áreas de marketing, desenvolvimento de produtos e expansão do time