‘Este trabalho liberta’

805
Entrada do campo de Auschwitz (foto de Dnalor 01, Wikipedia)
Entrada do campo de concentração de Auschwitz (foto de Dnalor 01, Wikipedia)

O Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto foi instituído em 2005, pela Organização das Nações Unidas (ONU). Ele lembra o genocídio cometido pelos nazistas contra vários povos, a grande maioria judeus (cerca de 960 mil). Estima-se que, no total, só em Auschwitz, mais de 1 milhão de pessoas tenham sido mortas.

Aberto em 1947, mais de 49 milhões de pessoas já visitaram o memorial no antigo campo de concentração de Auschwitz-Birkenau, no sul da Polônia, desde então.

Por deboche, sadismo ou o que mais possa ter sido, nos portões de acesso ao campo havia a inscrição “Arbeit macht frei”, que significa “Este trabalho liberta”. As inscrições foram feitas pelos próprios prisioneiros, recrutados entre aqueles com habilidades na metalurgia.

 

Espaço Publicitáriocnseg
Conceito e medidas do desemprego

Na edição da coluna Empresa-Cidadã da semana passada, iniciamos uma conversa sobre conceitos econômicos de uso corrente, nem sempre bem definidos ou utilizados. Foi o caso então do conceito de PIB. Ficamos na superfície mesmo, sequer derivando conceitos de nacional versus interno; bruto versus líquido, etc., etc.

Hoje, falamos de algo que afeta muito as pessoas vítimas dele. Do conceito de desemprego. Defini-lo na superfície é simples; emprego não é tão difícil. Uma pessoa está empregada somente se tem um emprego em tempo parcial ou integral. Então, emprego é o número total de pessoas correntemente empregadas.

Não é aí que o cuidado menor com o conceito incomoda. Há o caso dos desalentados, aqueles ou aquelas que já jogaram a toalha.

Simplificando muito (talvez demais), a questão é que, do índice apurado pela verificação da participação dos interessados que continuam a procura, comemora-se quando este índice fica menor.

Atingiu 8,5%, partindo de um percentual maior, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad).

Quem está desempregado está 100% desempregado, excluídos os aposentados, os que estão mudando de emprego (diz-se friccional) e mais uma outra situação. Como seria estar 8,5% desempregado?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui