Estudantes internacionais buscam oportunidades na China após graduação

As perspectivas de desenvolvimento da China estão se tornando cada vez mais atraentes para os estudantes internacionais, uma vez que muitos optam por procurar oportunidades no país após a graduação, segundo um relatório divulgado por New York University Shanghai (NYU Shanghai).

Representantes da New York University Shanghai (NYU Shanghai) atendem à cerimônia de abertura da construção do novo campus em Shanghai, leste da China, 30 de maio de 2019. (Xinhua/Liu Ying)

Xinhua - Silk Road
Xinhua – Silk Road

Shanghai, 7 jan (Xinhua) — As perspectivas de desenvolvimento da China estão se tornando cada vez mais atraentes para os estudantes internacionais, uma vez que muitos optam por procurar oportunidades no país após a graduação, segundo um relatório divulgado por New York University Shanghai (NYU Shanghai).

Entre os 130 estudantes internacionais da turma de 2021, 17 escolheram prosseguir seus estudos ou trabalhar na China após a graduação, elevando para 70 o número total dos graduados internacionais de NYU Shanghai que optaram por permanecer na China, desde o seu estabelecimento em 2021, disse o relatório divulgado nesta quarta-feira.

Dentre esses alunos, alguns optaram por continuar seus estudos nas universidades como a Universidade de Pequim ou Universidade Tsinghua, enquanto outros se ingressaram em empresas renomadas como Shanghai Disney Resort ou expressaram interesse nas empresas de tecnologia chinesas, segundo o relatório.

“Eu queria construir o meu futuro aqui”, disse John Christopher Dopp, um estudante americano, que encontrou um emprego numa empresa de desenvolvimento de aplicativos em Shanghai, após a graduação.

“Eu acho que as carreiras na China para os estudantes internacionais são excelentes”, disse ele. “Um país forte e em constante crescimento, a China não é apenas uma escolha segura, mas também a escolha interessante, emocionante e cheio de oportunidades.”

NYU Shanghai, co-fundada pela New York University e East China Normal University em 2012, é um programa piloto da cooperação educacional China-EUA. A universidade registrou 582 estudantes internacionais.

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

China implementará tarifas da RCEP para mercadorias da Coréia

A partir de 1 de fevereiro, a China adotará a taxa tarifária prometida sob o acordo da Parceria Econômica Abrangente Regional (RCEP), nas importações selecionadas da República da Coréia, conforme um comunicado divulgado pela Comissão de Tarifas Alfandegárias do Conselho de Estado, nesta quinta-feira.

Produto estrela da BGI Genomics é exibido na Pavilhão da China

Os modelos do Huo-Yan Air Laboratory da BGI Genomics, produto estrela de laboratório móvel de teste nucléico da gigante chinesa, foram exibidos na Pavilhão da China da Expo 2020 de Dubai durante 11 a 13 de janeiro.

China continua sendo destino favorito de investimento, informa WSJ

A China continua sendo um grande destino de investimento, pois suas startups de tecnologia atraíram uma quantidade recorde de financiamento de risco no ano passado, informou o Wall Street Journal nesta quinta-feira.

Últimas Notícias

Empresa brasileira de produtos médico-hospitalares cresce 20% em 2021

Faturamento foi de R$ 28 milhões.

Brasileiro buscou mais crédito para compra de veículo

Veículos pesados e motos se destacam

Varejo, petrolíferas e bancos puxam Ibovespa

Siderúrgicas e Vale ficam na contramão do mercado

Uso de cheque cai ladeira abaixo

Avanço tecnológico mudou hábito arraigado da clientela

Covid-19 fecha 478 agências bancárias em SP

500 bancários foram confirmados com covid-19.