‘EUA do Mar’ seria considerado crime de lesa-pátria

Na terra de Biden, entregar navegação a estrangeiros é impensável.

Imagine Joe Biden enviando ao Congresso dos EUA um projeto de lei que abre a cabotagem (navegação entre portos locais) a estrangeiros, que poderão fretar navios no exterior e contratar para a tripulação 2/3 de estrangeiros. Impensável. No país que se acha o farol do liberalismo mundial, a cabotagem é exclusiva para empresas estadunidenses, com frota 100% nacional, e 3 em cada 3 membros da tripulação são compatriotas do Tio Sam.

Pois no Brasil acima de tudo, é exatamente o que o Governo Bolsonaro pretende aprovar no Congresso, recorrendo aos métodos nem tão secretos. O projeto BR do Mar poderia ser melhor apelidado de “BR ao mar” (e sem boia de salvação).

A desculpa é aumentar o transporte marítimo. Mas o projeto parte de premissas falsas, como demonstra o jurista Nilson de Mello, integrante da Comissão de Infraestrutura do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB). “De forma implícita, o PL considera que o principal entrave ao setor é uma pequena disponibilidade de navios. Pressupõe, também, que o modal está estagnado, registrando baixo crescimento, dentro da matriz de transportes do Brasil. Ambas as premissas são falsas”, explica.

O PL estabelece medidas para que empresas estrangeiras possam ampliar a operação na cabotagem, como se essa participação hoje fosse reduzida, o que também não é verdadeiro, pois 95% já são feitos por empresas sob controle estrangeiro. O texto original do projeto ainda abre indiretamente a possibilidade de financiamento a estaleiros estrangeiros”, denuncia Nilson de Mello.

Duas dessas empresas movimentam mais de 70% dos contêineres na costa brasileira e são controladas por dois grandes conglomerados da navegação sediados na Europa, integrantes de duas das maiores alianças internacionais do transporte marítimo. Lembrando: o setor internacional é controlado por 10 empresas que respondem por mais de 80% do transporte marítimo mundial.

Se isso não é entreguismo, então só pode ser coisa pior.

 

Incentivo à contratação

Após uma queda em 2020, o número de vagas para empregados domésticos voltou a crescer, porém ainda timidamente. Uma das formas de incentivar a contratação com carteira assinada é o PL 2058/2021, que aguarda aprovação no Senado para que o INSS assuma o pagamento das empregadas grávidas que ainda não completaram as duas doses da vacina, afirma o presidente do Instituto Doméstica Legal, Mario Avelino. “O patrão deixa de ser prejudicado, e a trabalhadora gestante, que ainda não recebeu as vacinas, fica resguardada.”

 

Entre a cadeira e o notebook

Após a confirmação de recessão, Paulo Guedes falou que a queda no terceiro trimestre é um problema localizado. Tem razão: localizado no Ministério da Economia.

 

Rápidas

A Fundação Joaquim Nabuco (Funaj) celebra nesta segunda, às 18h, “As 7 vidas de Edson Nery da Fonseca”, com concertos, depoimentos e exposição fotográfica em comemoração ao centenário do bibliotecário *** Yvonne Bezerra de Melo, fundadora do projeto Uerê, fala sobre “Mulheres e Políticas” nesta segunda, às 19h, via Instagram @yvonnefarmor *** O laboratório Lach já tem disponível o exame de PCR que detecta a nova variante ômicron. O resultado sai no mesmo dia.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Hood Robin e o ICMS nos combustíveis

Reduzir impostos tira da sociedade para dar a poderosos.

Venture capital: o que é preciso saber sobre o contrato de SAFE

Por Felipe Cervone, Marcella Loureiro Amarante e Geovana Martinazzo.

Anfavea espera que 2022 seja um ano de recuperação

Restrição na oferta de componentes deve ser menor este ano que no passado.

Últimas Notícias

Empregos na saúde ultrapassa 4,6 milhões

O número de pessoas empregadas na cadeia produtiva da saúde cresceu 0,6% entre agosto e novembro do ano passado ao atingir 4.652.588 de trabalhadores,...

RJ terá dificuldades de pagar R$ 92 bi à União

O Governo do Estado do Rio de Janeiro poderá encontrar dificuldades para cumprir o pagamento de R$ 92 bilhões devidos à União. Isso porque...

China reduz juros em empréstimo de médio prazo

O banco central da China reduziu nesta segunda-feira (17) as taxas de juros de seus empréstimos de médio prazo (MLF) e repôs reversos em...

Petrobras: recorde de produção no pré-sal em 2021

A Petrobras atingiu recorde anual de produção no pré-sal em 2021, ao alcançar 1,95 milhão de barris de óleo equivalente por dia (boed). Esse...

Médicos de SP mantêm greve na quarta-feira

Após se reunirem com o secretário municipal de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, na tarde desta segunda-feira, o Sindicato dos Médicos de São...