EUA: PIB do 4T19 veio em linha com o esperado pelo mercado

Queda em importações foi menor do que a divulgada na primeira e na segunda leitura.

Opinião do Analista / 15:21 - 26 de mar de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A última leitura do PIB do quatro trimestre de 2019 nos EUA veio em linha com o esperado pelo mercado e idêntico a leitura anterior, mostrando avanço de 2,1% trimestre a trimestre anualizado.

A composição mostra poucas novidades, com a parte de consumo contribuindo marginalmente menos em 0,12% para o headline (ante 0,14% na segunda leitura e 0,26% na leitura inicial). Por outro lado, na parte de fixed investments, vemos uma redução na contribuição de propriedade intelectual e melhora (i.e., mostrando queda menor) em estruturas.

A queda nas importações foi menor do que a divulgada na primeira e na segunda leitura, levando a parte de exportações líquidas a contribuir com 1,51% do PIB. Ainda assim, destaca-se que isto foi puxado principalmente pela severa queda em importações.

De forma geral, mantemos nossa avaliação sobre o quarto trimestre: houve queda na absorção doméstica da economia americana, com o headline sendo sustentado artificialmente pelo aumento nas exportações liquidas.

Assim, a economia americana entrou no primeiro trimestre em ritmo menos pujante do que o observado no começo de 2019, o que aumenta a preocupação sobre o impacto do coronavírus. Como comentado anteriormente, o cenário prospectivo mostra forte queda da atividade já a partir de fevereiro e se intensificando ao longo de março e começo do segundo trimestre.

.

Felipe Sichel

Estrategista-chefe do Banco Digital Modalmais

Fonte: www.modalmais.com.br

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor