Europa obriga farmacêutica a cortar preços em 73%

Após adquirir medicamentos essenciais contra o câncer de outra farmacêutica, em 2012, o laboratório Aspen começou a aumentar progressivamente os seus preços em toda a Europa. Os preços da Aspen excediam os seus custos relevantes em quase 300%, em média, mesmo levando em consideração uma taxa de rentabilidade razoável, calcula a Comissão Europeia.

Agora, a Aspen, uma empresa farmacêutica global sediada na África do Sul e com filiais em vários países, inclusive no Brasil, se comprometeu a reduzir os preços na Europa desses seis medicamentos em 73%, em média, ficando abaixo dos valores de 2012. Além disso, a Aspen tem de assegurar a continuidade do fornecimento desses remédios durante um período que vai de 5 a 10 anos, determinou a Comissão Europeia.

Há 50 anos que os medicamentos da Aspen não são protegidos por patentes, o que significa que qualquer investimento em P&D relativamente aos medicamentos foi já totalmente compensado.

A vice-presidente executiva Margrethe Vestager, responsável pela política da concorrência, afirmou: “Em resultado da decisão de hoje (10/2), a Aspen tem de reduzir radicalmente, em toda a Europa, os seus preços de seis medicamentos que são essenciais para o tratamento de certas formas graves de câncer do sangue, incluindo o mieloma e a leucemia.” E completou: “A decisão de hoje dá um forte sinal a outras empresas farmacêuticas dominantes no sentido de não praticarem preços abusivos com vista a explorar os nossos sistemas de saúde.”

 

ASG

Como costuma fazer o professor Paulo Márcio de Mello na coluna Empresa-Cidadã, fomos ao site da Aspen entender os compromissos de “Cidadania Corporativa Responsável” do laboratório:

“A visão de Aspen, ‘entregar valor a todas as nossas partes interessadas como um cidadão corporativo responsável que fornece medicamentos de alta qualidade a preços acessíveis globalmente’, resume a abordagem inerente do grupo de conduzir os negócios de forma ética, com integridade e com sabedoria comercial que se esforça para melhorar o bem-estar social de seus investidores, funcionários, clientes e parceiros de negócios.”

 

Torture os números

Menon, colunista do UOL, sobre o dono do jornal Lance: “Encomendou um ranking de clubes brasileiros. Foi feito e não deu Flamengo. Mandou refazer, dando peso enorme a campeonatos regionais, para que o Flamengo liderasse.” Se fazem isso no Esporte, imagina o que fazem na Economia.

 

Rápidas

Já está em cartaz a Nova Exposição de Fotos de Niterói, promovida pela Fundação Cesgranrio e Portal Consultoria em Turismo, com o apoio da Nice Via Apia Turismo e curadoria de Viviane Fernandes. O evento online é fruto de um passeio feito por Bayard Boiteux ao município fluminense *** A produtora cultural Jana Souto se reuniu com o secretário de Cultura do município do Rio de Janeiro, Marcus Faustini, e com Mônica Luiz, presidente da Associação Palcos do Rio. O grupo está planejando a retomada do empreendedorismo cultural.

Leia mais:

Agronegócio paga imposto?

Engarrafamentos aumentam com Uber e cia

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Inflação e PIB expõem falácia do Teto dos Gastos

‘Faz sentido?’, pergunta Paulo Rabello. ‘Claro que não’.

O milionário leilão de Van Gogh

Preço estimado da obra, que não era exibida há 100 anos, é de € 5 a € 8 milhões.

Ô, abre alas

Mulheres que resistem, iluminam e fazem pensar. Mulheres de sonhos. Realizados ou não.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Setor de eventos terá parcelamento e isenção de impostos

Projeto foi aprovado pela Câmara e segue para o Senado.

Maranhão e Bahia vão ao STF questionar uso de fake news por Bolsonaro

Procuradores alegam que a publicação pode “gerar interpretações equivocadas e atacar governos locais, fomenta a instabilidade política, social e institucional e deve ser cessada imediatamente”.

MPEs veem oportunidades geradas pela crise

Principal mudança foi alocação de recursos para trabalhar e atender remoto, seguida por investimentos em tecnologia para vendas não presenciais.

Mudança de sinais

Terça começou tensa para os mercados de risco no mundo; hoje, a expectativa para o dia é de Bovespa seguindo em recuperação.

Quatro conselheiros da Petrobras decidem deixar o cargo

Eles são representantes da União no Conselho da empresa, petrolífera divulgou nota ontem à noite.