Eve faz parceria para acelerar soluções de mobilidade aérea urbana

A Eve Urban Air Mobility Solutions, Inc (Eve), da Embraer, e a Skyports, companhia líder no segmento de vertiportos, anunciaram nesta segunda-feira uma parceria voltada ao desenvolvimento de soluções para as operações iniciais de mobilidade aérea urbana (UAM) na Ásia e nas Américas.

As empresas irão utilizar os eVTOLs, veículos elétricos de zero emissão e baixo ruído da Eve, bem como o software de Gestão de Tráfego Aéreo Urbano (UATM) e os serviços de mobilidade aérea urbana para desenvolver um conceito que apoiará os procedimentos operacionais e o desenvolvimento do veículo e serviços, à medida que a UAM se aproxima dos primeiros lançamentos em diversos mercados ao redor do mundo. Este acordo amplia o relacionamento entre as duas organizações, que teve início de 2020, quando a Eve ainda estava incubada na EmbraerX.

As duas empresas já cooperam na criação de um conceito de operações com a Airservices na Austrália e estão atualmente colaborando para desenvolver operações no Reino Unido. “Nossa parceria com a Eve abre caminho para inovações ágeis em mobilidade aérea urbana, acelerando novas iniciativas para atender à crescente demanda por serviços de eVTOL. Estamos ansiosos com a expansão da parceria para avançar em novas oportunidades neste mercado de rápido crescimento”, disse Duncan Walker, CEO da Skyports.

Economia de baixo carbono

“Em transição para uma economia de baixo carbono, a indústria aeroespacial precisa da inovação disruptiva para criar um futuro mais sustentável. Com a mobilidade aérea urbana, nós temos uma oportunidade ímpar de cocriar vertiportos, veículos e operações, projetando um ecossistema completamente novo e mais eficiente de mobilidade desde seu início”, afirma André Stein, presidente e CEO da Eve.

A Skyports é a fornecedora líder mundial de infraestrutura de mobilidade aérea urbana. A companhia foi a primeira a construir um vertiporto para pouso e decolagem de táxi aéreo com eVTOL, que foi apresentado como parte de um teste realizado em 2019, em Singapura. Além das Américas e da Ásia, a Skyports atualmente tem projetos de infraestrutura em desenvolvimento na Europa e no Oriente Médio.

A empresa projeta, constrói e opera infraestrutura de decolagem e pouso para táxis aéreos, além de manter parcerias com fabricantes de veículos elétricos de decolagem e pouso vertical (eVTOL) para passageiros e carga em todo o mundo, permitindo operações de voo seguras e eficientes em ambientes urbanos e suburbanos. A Skyports também fornece entregas por drones através de seu braço de logística, Delivery by Skyports, que já está provando a viabilidade das melhores tecnologias de sistemas não tripulados da empresa nos setores médico, de comércio eletrônico e de logística.

Artigos Relacionados

Mercado de TI é alavancado pela pandemia

Tetris IT, empresa que desenvolve projetos de inovação digital, cresceu 300% em 2020.

Bacia de Campos recua com redução drástica de investimentos

A Bacia de Campos, atualmente a segunda maior região produtora de petróleo do Brasil, registrou em junho a sua menor produção média dos últimos...

Anbima sugere maior flexibilização nas emissões de BDRs

A Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), enviou nesta sexta-feira, ofício em resposta à Comissão de Valores Mobiliários (CVM)...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Mercado de TI é alavancado pela pandemia

Tetris IT, empresa que desenvolve projetos de inovação digital, cresceu 300% em 2020.

Ações da ClearSale valorizam mais de 20% na estreia na B3

A ClearSale (ticker CLSA3) concluiu nesta sexta-feira a sua oferta pública inicial (IPO) na B3. A oferta movimentou R$ 1,3 bilhão sendo que, apenas...

Edital da Oferta Permanente inclui 377 blocos

A Agência Nacional de Petróleo e Gás Natural (ANP) publicou nesta sexta-feira nova versão do edital da Oferta Permanente, com a inclusão de 377...

Multa de R$ 500 mil para ‘fake’ sobre eleição

Uma multa de R$ 500 mil, caso repita as manifestações que questionem os últimos pleitos presidenciais realizados no país, faz parte uma ação que...

Bacia de Campos recua com redução drástica de investimentos

A Bacia de Campos, atualmente a segunda maior região produtora de petróleo do Brasil, registrou em junho a sua menor produção média dos últimos...