Evergrande: Crise pode afetar exportação de minério de ferro

A segunda-feira foi bastante movimentada com a notícia vinda da China que a Evergrande Real Estate, gigante do setor de incorporação imobiliária no país asiático, contabiliza dívidas superiores a US$ 300 bilhões.

Se a empresa não pagar os vencimentos desta semana, como teme o mercado, os contratos comerciais que o Brasil tem com o país poderão ser prejudicados. Além disso, sempre há risco de contaminação nos mercados globais. Apesar dessa possibilidade ser ainda vista como remota.

Notícia divulgada pela France Press, informou que um empresário do setor imobiliário de Xangai perdeu nesta segunda-feira mais de US$ 1 bilhão em consequência dos temores de um possível colapso da Evergrante, o que ilustra o tamanho do problema se realmente a empresa der calote.

A Evergrande pertence ao Evergrande Group, um conglomerado privado com ativos estimados em 2,3 trilhões de iuanes (R$ 1,9 trilhão ou US$ 360 bilhões), com vendas anuais de 700 bilhões de iuanes (R$ 580 bilhões ou US$ 108 bilhões), e atuação nos setores de automóveis, tecnologia e saúde, entre outros

A reportagem do Monitor Mercantil reuniu opiniões de dois especialistas do mercado financeiro sobre o impacto que essa notícia vinda da China pode provocar por aqui. Jansen Costa, sócio-fundador da Fatorial Investimentos, explica que a crise da Evergrande basicamente mostra a desaceleração do setor de construção civil na China, o que impacta na exportação de minério de ferro que o Brasil faz para o país.

“Esse impacto faz a demanda de minério de ferro cair, consequentemente cai também o preço do minério de ferro, o que faz com que entre menos dólar no país. Se a empresa for estatizada, em teoria, diminui os riscos do mercado. Como ninguém sabe ainda, há um grau de incerteza muito grande, o que faz com que mercado sofra muito nesse início de semana. É importante saber como o governo chinês vai lidar com esse desafio”, avalia.

Queda de ativos

Diversos ativos caíram nesta segunda-feira, especialmente a Vale. “Também vimos a alta do dólar motivada pelo fortalecimento da moeda em relação a outras moedas internacionais, além da diminuição da relação de troca com o exterior no Brasil aumentando a necessidade de dólar e tornando a moeda mais forte”, disse Jansen Costa.

Segundo ele, nenhum papel específico subiu, exceto Copel (Companhia Paranaense de Energia) que anunciou a distribuição de dividendos. “O principal motivo é o caso Evergrande e as bolsas caindo fora do país”. Ele explica que as incertezas nesse caso da empresa chinesa tornam a previsibilidade menor e os investidores preferem vender. Com isso, a Bolsa fez a mínima do ano, o que mostra dificuldade de se ganhar dinheiro com renda variável nesse ano.

João Beck, economista e sócio da BRA, lembra que China é um dos principais importadores de matéria-prima local. “O caso Evergrande não só diminui a demanda pelo produto local como ainda derruba o preço de commodities prejudicando nossa balança comercial com o resto do mundo”, alerta o economista.

Mineradoras e siderúrgicas

Segundo Beck, o impacto é principalmente sobre mineradoras e siderúrgicas. Mas uma eventual desaceleração chinesa diminui também o crescimento local que vinha numa crescente depois da recuperação da segunda onda da Covid. “Esse é o grande mistério. Os números das empresas chinesas são difíceis de avaliar. Falta informação e transparência”, analisa.

Sobre o risco de contaminação mundial por conta da Evergrande, Beck afirma que o risco ainda é baixo e que a empresa tem um valor de ativos acima de suas dívidas. “Mesmo que não ocorra uma queda generalizada global dos ativos, podemos esperar que o próprio processo de desalavancagem forçada da economia chinesa gere menos crescimento por lá e menor demanda por nossa matéria-prima local”, acredita o economista.

Leia também:

Veículos elétricos estão no radar dos brasileiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Produção nacional de petróleo caiu 1,6% em agosto

No mês de agosto, os campos de Búzios, Atapu e Sul de Tupi, todos produzindo sob o regime de cessão onerosa no pré-sal da...

TRT/RJ interpreta como ilegais medidas adotadas pela Petrobras

A Justiça do Trabalho do Estado Rio de Janeiro deu ganho de causa a empregados da Petrobras em ação coletiva contra aumento de carga...

Diesel estará mais caro nesta quarta-feira

Mesmo depois de tanto protesto contra os preços em elevação praticados pela Petrobras, a companhia realizará ajuste no preço do diesel A para as...

Últimas Notícias

Crédito consignado: aumenta número de reclamações de cobrança indevida

O crédito consignado não solicitado por clientes está no topo das reclamações de consumidores. Em relação aos registros, a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon),...

Geração de energia solar traz R$ 35,6 bi de investimentos ao país

Potência nos telhados e terrenos com sistemas fotovoltaicos equivale a metade da capacidade de Itaipu.

Direito de controle sobre funcionários que trabalham de casa

Por Leonardo Jubilut.

Rio Indústria apoia lei que desburocratiza e facilita novos negócios

Em audiência pública realizada nesta quinta-feira (14), na Câmara Municipal do Rio, sobre o Projeto de Lei Complementar nº 43/2021 que regulamenta a Declaração...