Exportação de empregos

EUA não deixam ideologia atrapalhar os negócios.

Fatos e Comentários / 19:07 - 15 de mai de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O conselho de diretores do norte-americano Eximbank aprovou linha de financiamento para exportação e construção de uma unidade de gás natural liquefeito em Moçambique, no valor total de US$ 4,7 bilhões. Serão criados 16,7 mil empregos em 68 empresas – nos EUA – durante os cinco anos de obras.

No Brasil, terraplanistas condenam financiamentos semelhantes do BNDES e retiram o Brasil da África. Esta semana, o Governo Bolsonaro fechou as embaixadas na Libéria e em Serra Leoa.

De 2007 a 2015, o apoio do BNDES a exportações do setor de construção gerou encomendas para 4.044 fornecedores brasileiros de bens e serviços. Desse total, informa o banco estatal, quase 70% foram empresas de micro, pequeno e médio porte. De 2007 a 2014, o número de pessoas empregadas nessa cadeia quase dobrou, passando de 402 mil para 788 mil.

Desde 1998, o BNDES desembolsou US$ 10,5 bilhões para financiar vendas de bens e serviços usados em obras de empreiteiras brasileiras no exterior. O valor é pouco mais do dobro de um único financiamento do Eximbank dos EUA.

 

Estratégia de Saúde

O presidente da Comissão Externa para o Coronavírus da Câmara, deputado Dr. Luizinho (PP-RJ), apresentou o PL 2583/2020, que cria uma Estratégia Nacional de Saúde nos moldes da feita para a Defesa em 2008. Objetivo é garantir a soberania do país em produção de medicamentos e equipamentos médicos e a definição de critérios para o enquadramento na categoria de Empresas Estratégicas em Saúde (EES).

 

Impunidade

A Associação Nacional de Jornais (ANJ) divulgou nota condenando o assassinato do jornalista Leonardo Pinheiro, morto a tiros na quarta-feira (13) em Araruama (RJ), no momento em que realizava entrevista para seu portal de notícias A Voz Araruemense. “O assassinato de Leonardo mostra, mais uma vez, a insegurança para a atividade jornalística no país, alimentada pela impunidade”, lamenta a Associação.

 

Marcas

Com o objetivo de criar uma ponte de comunicação ativa entre recrutadores e profissionais sobre assuntos do mercado de trabalho, a plataforma trampos.co e a consultoria Leme Growth criaram uma joint venture: o T-Branded Content, ferramenta em forma de estúdio de conteúdo, que permite que as marcas busquem melhorar – ou até mesmo criar do zero – sua própria narrativa para atrair e reter os talentos.

Queremos agregar ainda mais valor às marcas com as novas estratégias. Essa inovação 360º é uma solução para as empresas que querem se posicionar de maneira clara no mercado, recrutar o profissional ideal e capacitar o que já estão na casa, desenvolvendo equipes cada vez mais sólidas,” afirma Tiago Yonamine, especialista em recrutamento e CEO do trampos.co.

A fusão das marcas dá origem também ao T-Talks, iniciativa para realização de debates em lives semanais. A primeira será com Bob Wollheim, CSO da CI&T, e com os criadores do projeto, Tiago e André Chaves. Será nesta segunda-feira (18), às 17h, no site do trampos.co

 

Lucro

Os planos de saúde, que muito pouco estão fazendo para colaborar no combate ao coronavírus, vão ficar mais caros após a pandemia, seguindo o aumento dos custos médicos. Essa é a perspectiva no momento, comenta Francisco Vignoli, sócio-diretor da Carelink, empresa especializada na gestão da saúde e logística de informações médicas.

 

Grana

A defesa a qualquer custo do uso da cloroquina, que vai contra as pesquisas até agora realizadas, ultrapassa a fronteira da desinformação e da ideologia. Deve ter dinheiro metido nisso.

 

Rápidas

A presidente da Comissão de Seguridade Social do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), Suzani Andrade Ferraro, fará live no Instagram com a conselheira da OAB/SC Gisele Kravchychyn, nesta segunda-feira, às 16h, no perfil @iabnacional, sobre “Teleperícias em ações judiciais previdenciárias: avanço ou retrocesso?” *** O presidente da Cobrart e membro da Academia Fluminense de Letras, Luiz Felizardo Barroso, lança o livro Franquia sem Fronteiras, pela editora Letras e Versos *** A crise, os contratos e as obrigações no Direito Privado brasileiro e português na pandemia da Covid-19 são temas de webinar que a Associação dos Advogados (Aasp) realizará nesta segunda-feira, às 10h, com Catarina Pires (ministra do STJ português). Inscrições aqui.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor