Exterior misto e rumores internos reduzem espaço para otimismo hoje

Na esfera política, encontra-se no foco as eleições no Congresso bem como a reabertura das agências do INSS.

Opinião do Analista / 11:19 - 18 de set de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O dia de hoje começa com um sentimento de cautela em relação à equipe econômica e ao risco fiscal brasileiro. Após a verbalização do presidente da República, Jair Bolsonaro, de que daria um "cartão vermelho" para quem estudasse medidas como a de congelar aposentadorias por dois anos, alguns rumores de que alguns membros da equipe econômica possam pedir demissão - como o secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues - ganharam densidade. Em paralelo, a indefinição de um sinal claro no exterior, dado a ausência de anúncios de novos estímulos de vários bancos centrais ao redor do mundo, deixa as Bolsas internacionais à mercê de uma agenda de eventos fraca. Infere-se, desse modo, que um cenário externo sem norte definido não abre espaço para grandes otimismos nos mercados domésticos. Em última instância, na esfera política, encontra-se no foco as eleições no Congresso Nacional bem como a reabertura das agências do INSS.

.

Pedro Molizani

Trader Mesa de Câmbio

Travelex Bank

www.travelexbank.com.br

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor