Extirpar os progressistas do jogo político

As centrais Força Sindical, CTB, UGT, Nova Central e CSB divulgaram nota de apoio ao ex-presidente Lula. “Consideramos a...

As centrais Força Sindical, CTB, UGT, Nova Central e CSB divulgaram nota de apoio ao ex-presidente Lula. “Consideramos a decretação de sua prisão uma medida radical que coloca a sociedade em alerta. Vivemos no Brasil, nos últimos anos, um clima de perseguição política, que tem como pretexto o combate à corrupção, mas cujo objetivo maior é extirpar do jogo político qualquer programa que valorize a área social, o trabalho e a renda do trabalhador, e uma pauta progressista desenvolvimentista.”

Mais do que isso”, continua a nota, “estamos certos de que o objetivo real deste processo é tirar o ex-presidente Lula da disputa eleitoral de 2018. O fato de ter sido a tramitação mais célere da história do Judiciário evidencia o teor persecutório da ação”. “As injustas condenação e prisão do ex-presidente Lula alimentam a divisão do país e o mergulham na insegurança, o que não colabora para a superação da grave crise social, política e econômica a que estamos submetidos. Queremos a liberdade do ex-presidente Lula, até como forma de garantir que o processo eleitoral de 2018 seja limpo e democrático, via essencial para que possa prevalecer nossa plataforma democrática, dos direitos trabalhistas e sociais e do desenvolvimento de nosso país”, finalizam as centrais.

A CUT, braço do PT e maior apoiadora de Lula, não assina a nota.

 

Cara de paisagem

Entidades da imprensa (Abert, Aner e ANJ) repudiaram as hostilidades contra jornalistas que trabalhavam na cobertura da prisão de Lula. Mas preferiram manter prudente afastamento das acusações feitas pelo ministro Gilmar Mendes contra a TV Globo e o jornal Folha de S.Paulo.

 

Feitiço contra o feiticeiro

O ex-espião russo Sergei Skripal, que o governo britânico diz ter sido envenenado com gás nervoso do tipo Novichok no dia 4 de março, “melhora rapidamente” e pode ter alta em poucos dias, anunciou nesta sexta-feira o hospital da cidade inglesa de Salisbury, onde ele está internado.

Antes, Yulia, a filha do antigo agente duplo, que também teria sido envenenada, mostrara surpreendente recuperação. O caso da moça poderia ser considerado um milagre; a recuperação dos dois… bem, Deus deve estar de plantão no hospital, ou então a má contada história começa a virar de cabeça para baixo.

Em entrevista ao Globo, o ex-diretor da Organização para Proibição de Armas Químicas (Opaq), ex-diplomata brasileiro José Maurício Bustani, afirmou que o gás paralisa os órgãos e questionou como os dois poderiam estar vivos.

Bustani diz que atribuir a culpa aos russos, como fez o Reino Unido, foi uma decisão prematura destinada a criar um inimigo externo para fortalecer internamente a primeira-ministra Thereza May, enfraquecida com as negociações do Brexit.

O pano de fundo, porém, é a disputa geopolítica que pretende isolar a Rússia. O governo britânico expulsou 23 diplomatas russos, e Moscou fez o mesmo como resposta. Pouco depois, 14 países da União Europeia (UE), assim como Estados Unidos, Canadá e Ucrânia, também decidiram expulsar diplomatas russos em solidariedade ao Reino Unido.

 

Brizola e João Goulart

O vereador carioca Leonel Brizola Neto se filiou, nesta sexta-feira, ao Partido Pátria Livre (PPL), no qual afirma encontrar os ideais que estruturaram a luta do avô Leonel Brizola: soberania nacional, desenvolvimento das forças produtivas, defesa dos interesses da classe trabalhadora, busca incansável da justiça social, enfim, um DNA nacionalista.

O PPL tem como candidato à Presidência da República João Goulart Filho. As histórias de Jango e Brizola se cruzam, assim como se misturam à História do Brasil. Em 1º de março de 1950, Brizola casou-se com Neusa Goulart, irmã do então deputado estadual, futuro presidente da República, João Goulart.

Já como governador do Rio Grande do Sul, Brizola liderou a Campanha da Legalidade, em defesa da democracia e da posse de Jango como presidente. Em 1964, acolheu o cunhado no Rio Grande do Sul, onde esperava iniciar a resistência ao golpe. Ambos acabaram no exílio. João Goulart faleceu na Argentina, em dezembro de 1976, sem ter conseguido voltar ao Brasil.

 

Tripla jornada

A maior presença das mulheres no mercado de trabalho está levando ao aumento de incidências de doenças crônicas, em boa parte devido à falta de hábitos saudáveis. É o que aponta estudo feito pela clínica Med-Rio a partir dos resultados dos check-ups de executivas.

O percentual de estresse entre as mulheres saltou de 50%, em 2000, para 67%, no ano passado. Nos homens, no mesmo período, o índice cresceu 13 pontos percentuais. O percentual de mulheres com colesterol nestes 17 anos cresceu dez pontos percentuais.

No caso das mulheres, o elevado aumento do estresse se justifica por elas acumularem duplas, às vezes triplas jornadas de trabalho, pois muitas, além do trabalho profissional, lidam com a responsabilidade de gerir uma família, além de realizarem cursos de pós-graduação ou extensão”, avalia o diretor médico da Med-Rio Check-Up, Gilberto Ururahy.

 

Rápidas

Estão abertas a inscrições para a primeira edição do Prêmio SP de Bike ao Trabalho, realizado pela ONG Bike Anjo, que vai premiar empresas e organizações que incentivam o uso da bicicleta no deslocamento ao trabalho. Detalhes em https://debikeaotrabalho.org/premio/ *** O Centro de Estudos Político-Estratégicos da Marinha (CEPE-MB) e a Escola de Guerra Naval (EGN) realizam o debate “A Estratégia Marítima do Japão”, 12 de abril, na EGN (Urca, RJ).

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Guedes esperava muito da educação

Setor educacional prometeu, mas ainda não cumpriu.

Petrobras também foi ao mercado em Londres

Estatal criou subsidiária na década de 80 para atuar nas Bolsas.

Petroleiras ganham dinheiro no mercado, não com produção

Desde a década de 1980, companhias viraram empresas financeiras.

Últimas Notícias

Câmara rejeita ‘PL antiterrorismo’

A Câmara dos Deputados rejeitou nesta quarta-feira a urgência para votar o Projeto de Lei (1595/19) que cria uma polícia política que permite ao...

Programa AceleraD’Or de Mentoria entra em fase decisiva

Em fase decisiva para a escolha das 10 empresas participantes do projeto, o Programa AceleraD’Or de Mentoria, patrocinado pela D’Or Consultoria, teve repercussão positiva...

Aconseg-RJ mostra um 2022 promissor para as assessorias

Em reportagem especial da edição, os executivos confirmam a rápida resposta do setor e sua adequação aos tempos de desafios que foram superados com...

Inovação em Seguros concederá NFTs a vencedores

Uma das novidades do Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros, promovido pela Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg), será a concessão...

Anbima projeta taxa de juros em 11,75% em 2022

A taxa de juros deve voltar a dois dígitos no início do próximo ano e chegar em 11,75% no mês de maio, de acordo...