Falso relatório do TCU na CPI

O auditor do Tribunal de Contas da União (TCU) Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques, vai ser convocado para explicar na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, por elaborar um relatório que aponta uma suposta manipulação nos dados de morte por Covid-19 no Brasil, com a chancela do próprio tribunal. O pedido foi feito pelo senador Humberto Costa (PT-PE) durante depoimento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, à CPI nesta terça-feira.

Segundo a revista Crusoé, ele é o responsável pela elaboração do tal relatório que, mesmo rejeitado pelo TCU, que serviu de base para o presidente Jair Bolsonaro contestar o número oficial de mortes provocadas pela pandemia.

 

 

Artigos Relacionados

Eletrobras: Firjan critica MP e recomenda veto presidencial

Para federação, emendas reduzem competitividade: 'é função do Governo Federal zelar pelo bom funcionamento do setor elétrico'.

Estabilidade garante que servidor denuncie irregularidades

Para Fenafisco, reforma administrativa vai destruir estrutura pública e enfraquecer os meios de denúncia dos servidores públicos.

CPI da Pandemia vai apurar quem recebeu ’pixulé’?

O ex-ministro da Saúde general Eduardo Pazuello foi “expulso” da pasta por não ceder à corrupção, afirmou o deputado Luis Miranda (DEM-DF) em entrevista...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

ENS e Ministério da Agricultura fazem live para lançar curso gratuito

Live no dia 7 de julho terá a participação de representantes do MAPA e especialistas em agronegócio.

Carta Fabril lança o papel higiênico premium Cotton Folha Tripla

Novidade foi desenvolvida para levar mais maciez com preço justo ao consumidor

LDZ Escola abre curso de animação digital 2D da ToonBoom Animation

Arte digital e cultura nerd beneficiam saúde e qualidade de vida.

Vendas Club traz conteúdo exclusivo para todo o Brasil

Propósito é prestar serviço para profissionais se manterem atualizados sobre o cenário de vendas.

Imóveis comerciais: segmento deve reaquecer de forma gradual

Desaquecimento por imóveis comerciais ocorreu por causa do home office imposto pelas restrições sanitárias.