Falta de acesso à internet eleva desigualdade

A crise econômica e sanitária deixou escancarada a desigualdade social. Mostrou também a importância do acesso à internet, que ainda é um luxo: metade da população do mundo não tem acesso à rede, seja por um dispositivo móvel ou por banda larga de linha fixa, informa o Fundo Monetário Internacional (FMI).

As economias avançadas, como Estados Unidos, França, Alemanha, Reino Unido e Canadá, têm as mais altas taxas de acesso, entre 80 e 100 usuários por 100 habitantes. Mesmo entre as grandes economias emergentes há grandes disparidades, que variam de cerca de dois terços dos cidadãos com acesso, no Brasil e no México, a cerca de um terço na Índia.

Pesquisa do FMI constata que um aumento de 1 ponto percentual na participação de usuários da internet na população aumenta o crescimento per capita em 0,1 a 0,4 ponto percentual na África Subsaariana. Ter internet confiável permite que algumas empresas continuem suas operações em meio a bloqueios, o que mantém as economias em funcionamento.

 

Demora = desemprego

É obrigação do presidente Jair Bolsonaro comunicar até esta terça-feira a prorrogação do Benefício Emergencial, como fez com o Auxílio Emergencial, caso contrário, o fechamento de mais empresas e milhares de demissões é de exclusiva responsabilidade do governo. A opinião é de Mario Avelino, presidente do Instituto Doméstica Legal.

Nesta segunda-feira, o secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, afirmou que o benefício – foram realizados 11 milhões para suspender o contrato de trabalho ou reduzir a jornada e salário desde o início de abril – será prorrogado.

Só que o governo tem de entender que empresas têm prazos e não podem ficar à espera da lentidão da equipe econômica. A demora pode levar a mais desemprego entre os trabalhadores com carteira (já foram demitidos 1,1 milhão este ano).

 

Pela Democracia

Mais de 70 entidades, entre elas o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB), a Associação Brasileira de Imprensa (ABI), a Sociedade Brasileira pelo Progresso da Ciência (SBPC), a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a União Nacional dos Estudantes (UNE), o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) e o Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) aderiram à campanha #BrasilPelaDemocracia #BrasilPelaVida, lançada nesta segunda-feira nas redes sociais

Na divulgação do movimento, as entidades reforçam que “a democracia é condição indispensável para a construção de alternativas que possam superar todos os desafios que estão colocados hoje em nosso país”. A próxima etapa, chamada de Virada da Democracia, será realizada no próximo fim de semana (4 e 5 de julho) e incluirá a realização de debates, lives e shows em defesa da democracia e da vida. O IAB promoverá um webinar para discutir o assunto.

 

Vestibular remoto

A OMS estiva que uma vacina contra Covid não chegará em menos de 1 ano. Como não pretende ficar fechado este tempo todo, o Insper decidiu aplicar prova de vestibular a distância. Candidatos que não possuem o equipamento necessário terão acesso a computadores pessoais.

 

Rápidas
 

O próximo entrevistado do programa de Lives, da Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ, é Sérgio Costa e Silva, diretor do Música no Museu. Será nesta terça, 18h, no Instagram @niceviaapiaturismo. As lives são produzidas com o apoio de Bayard Boiteux e apresentadas por Viviane Fernandes *** A Aasp realiza nesta terça-feira, às 17h, o webinar “PPPs e concessões no Brasil: dilemas e tendências”, com Elisa Bastos, diretora da Aneel, entre outros. Inscrições aqui *** A FGV EPGE realiza nesta terça-feira, 18h, webinário com o Secretário de Fazenda do Estado do Rio de Janeiro, Guilherme Mercês, que apresentará um diagnóstico das finanças e das perspectivas de curto e longo prazos no âmbito fiscal. A transmissão será pelo Youtube da FGV *** Inglês para Atendimento, Atendimento ao Cliente e Automaquiagem são os cursos mais procurados no aplicativo Ensina by FS *** O Fórum de Direitos Autorais, realizado anualmente pelo Centro de Apoio ao Escritor (Casa das Rosas–São Paulo), realizará nesta terça, 19h, a edição deste ano do evento pela plataforma Google Meet. Inscrições aqui.

 

 

 

 

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Inflação e PIB expõem falácia do Teto dos Gastos

‘Faz sentido?’, pergunta Paulo Rabello. ‘Claro que não’.

Mirem-se nos exemplos da Shell e da Exxon

Petrobras é fundamental para o desenvolvimento brasileiro.

Governo pode – e deve – controlar progresso tecnológico

Tecnologias transformadoras do século 20 não teriam sido possíveis sem liderança do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Setor de eventos terá parcelamento e isenção de impostos

Projeto foi aprovado pela Câmara e segue para o Senado.

Maranhão e Bahia vão ao STF questionar uso de fake news por Bolsonaro

Procuradores alegam que a publicação pode “gerar interpretações equivocadas e atacar governos locais, fomenta a instabilidade política, social e institucional e deve ser cessada imediatamente”.

MPEs veem oportunidades geradas pela crise

Principal mudança foi alocação de recursos para trabalhar e atender remoto, seguida por investimentos em tecnologia para vendas não presenciais.

Mudança de sinais

Terça começou tensa para os mercados de risco no mundo; hoje, a expectativa para o dia é de Bovespa seguindo em recuperação.

Quatro conselheiros da Petrobras decidem deixar o cargo

Eles são representantes da União no Conselho da empresa, petrolífera divulgou nota ontem à noite.