Façam seu jogo

Estudo do Centro de Pesquisa de Economia e Administração de Empresas (CEBR), citado pelo movimento Solidariedade Ibero-americana, prevê que até 1.600 fundos de hedge poderão quebrar nos próximos dois anos, o que deflagraria uma quebra nos mercados de ações. “Nós prevemos que uns 20% de fundos de hedge irão fechar nos próximos dois anos. Em teoria, isso poderia atuar como a quebra de um grande banco e deflagrar uma série de golpes em todo o mundo e um pânico no mercado de ações”, disse ao Evening Standard o executivo-chefe do CEBR, Doug McWilliams.

Farsa
A forma com que estão sendo conduzidas a promessa de efetivação da CPI do Setor Elétrico e a formalização da CPI dos Correios reafirmou alerta já feito por esta coluna e outros analistas de que o Brasil corre o risco de ser conduzido a um beco sem saída por uma falsa polêmica. Irmãos siameses na política econômica e – como se verifica amiúde – também nos métodos de fazer política, PT e PSDB querem reduzir o país à estreiteza de seus horizontes, embora a soma dos votos das dupla nas últimas eleições, ano passado, tenha ficado circunscrita a cerca de 30% dos votos.
A ampla vida que existe fora desses dois grupos exige que, para além desse ambiente poluído, a opinião pública nacional seja considerada. Isso exige a mais ampla apuração das relações intestinas estabelecidas no interior do Estado, recorrentemente confundido e rebaixado aos interesses privados. Se nada há a esconder por parte de tucanos-petistas ou petistas-tucanos, que sejam expostas as tentativas de chantagem política recíprocas ou não. Se há, que se apure a fundo. O Brasil exige ar puro!

Uso óculos
Metade da população brasileira precisa usar óculos, sendo que a cegueira atinge quase 1,2 milhão de pessoas e 4 milhões são portadores de deficiência visual grave. Estudo do Conselho Brasileiro de Oftalmologia indica que a hipermetropia (dificuldade de enxergar de perto) representa dois terços dos problemas; a miopia (dificuldade de enxergar de longe) responde pelo terço restante. De acordo com o oftalmologista Leôncio Queiroz Neto, do Instituto Penido Burnier, a cirurgia a laser pode ser opção para miopia até 12 graus, astigmatismo (dificuldade de ver de perto e longe) até seis graus e hipermetropia até cinco graus. A idade correta para a cirurgia é dos 19 a 21 anos.

Escuridão
Nos termos propostos para a regulamentação das lâmpadas fluorescentes compactas (LFC), o preço vai aumentar muito, tornando inviável sua importação e favorecendo o contrabando. O lobby é feito pelos importadores de LFCs de baixo custo, que acusam os fabricantes de lâmpadas incandescentes de terem interesse em tirá-los do mercado. A conta é que, para cada LFC não vendida, seriam comercializadas entre oito e dez lâmpadas comuns, pois a fluorescente, apesar de mais cara, dura mais.
Os importadores de LFCs dizem também que é inviável produzir esse tipo de lâmpada no Brasil. Segundo eles, a produção está concentrada na China e até EUA e países da Europa desistiram da fabricação, devido ao problema de escala. Somente a cadeia norte-americana Home Depot adquire 5 milhões de LFCs por mês, o equivalente ao consumo do Brasil.

Conjuntura
O administrador e PhD em engenheira Marcelo Henriques de Brito profere palestra-debate na próxima terça-feira, às 18h, no Clube de Engenharia, no Rio, sobre a Nova compreensão da política econômica. Na pauta, o aumento dos juros e da carga tributária; as razões para variações de preços internacionais e do câmbio terem reajustes distintos da inflação; e o desafio do crescimento no país com baixa inflação e sem informalidade. Brito é autor do livro Crise e prosperidade comercial, financeira e política (Editora Probatus). O Clube de Engenharia fica na Avenida Rio Branco 124/22º e a entrada é franca.

Artigo anteriorCÂMBIO
Próximo artigoCHINA
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Empresa pode dar justa causa a quem não se vacinar?

Advogado afirma que companhias são responsáveis pela saúde no ambiente de trabalho.

No privatizado Texas, falta luz no inverno e no verão

Apagões servem de alerta para quem insistem em privatizar a Eletrobras.

A rota do ‘Titanic’: ameaça de apagão não é de agora

‘Por incrível que pareça, no Brasil, térmicas caras esvaziam reservatórios!’

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

A cabeça do dragão

Por Gustavo Miotti.

Portugueses pedem extensão das moratórias bancárias

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) está pleiteando a prorrogação das moratórias bancárias até 31 de março de 2022”. O...

China libera reservas de metais não ferrosos para reduzir custos

A China disse que continuará a liberar suas reservas estatais de cobre, alumínio e zinco para garantir preços estáveis para as commodities e aliviar...