Fazendo as malas

18

Mangabeira Unger pediu a Lula – e conseguiu – um prazo de 20 dias para tomar posse, que deve ocorrer lá pelo dia 11 de maio. O professor está nos Estados Unidos, finalizando o seu curso na Universidade, fazendo os trâmites para obter a licença para vir para o Brasil e resolvendo questões particulares.
O futuro secretário – com status de ministro – de Ações de Longo Prazo faz absoluta questão de deixar bem claro que não haverá a menor possibilidade de se exercer censura ou tolher o debate e a discussão em órgãos como o Ipea. O que não quer dizer que Mangabeira não vai implantar suas diretrizes.

Raio X
Os moradores do Rio de Janeiro se lembram bem das fotos do governador Sérgio Cabral, poucos dias após a posse, com semblante preocupado em frente a aparelhos encaixotados nos hospitais estaduais. Lembram-se também da promessa de resolver tudo em poucos dias. Pois no Hospital Rocha Faria, em Campo Grande (Zona Oeste da capital), dois aparelhos de raio X estão quebrados e um terceiro continua na caixa, e, segundo o Sindsprev, sindicato dos trabalhadores em saúde e previdência do estado, não é montado por falta de recursos.

Retaliação?
Em denúncia no seu Ex-blog, o prefeito do Rio, Cesar Maia, acusa o ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, de ter impedido a concretização de um convênio de US$ 100 milhões entre a Prefeitura do Rio e o Bird, para ampliação da rede de pré-escolas municipais. Segundo a denúncia, seria uma retaliação ao Rio em função das denúncias (“aliás, comprovadas”) que o blog do prefeito do Rio fazia a Palocci.
Continua o Ex-blog: “Parece que o veto de Palocci continua. Recentemente, o Bird voltou a formalizar em ofício a prioridade máxima que dá a esse programa”, mas a herança do ex-ministro impede que vá à frente.
Aproveitando o programa de educação badalado pelo presidente Lula, Cesar Maia pergunta: “Afinal: é retaliação política herdada de Palocci ou é desprezo pela Educação Infantil? Se for o primeiro caso, é triste; se for o segundo, é grave”.

Guerrilha educativa
Nos próximos três anos, 900 escolas particulares fecharão suas portas – consequência da crise que depaupera a classe média nos últimos dez anos. A saída, para o consultor Paulo César Vargas, é lançar mão de um verdadeiro marketing de guerrilha. Ele defenderá essa idéia durante o Congresso Internacional de Educação Educador/Feira Educar 2007, que acontece entre os dias 3 e 5 de maio, no Expo Center Norte, em São Paulo, com o tema “Novos caminhos para um velho desafio: transformar a educação”.

Janela
No Dia do Trabalho, a Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos (Anpac) realizará uma passeata, às 12h, da Candelária à Cinelândia (RJ), contra a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC – 54/99), em tramitação no Congresso Nacional, que propõe a efetivação dos terceirizados no serviço público.

Reeleição
A 8ª Assembléia Geral Ordinária da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), realizada na manhã desta quinta-feira, reconduziu Antônio Carlos Fraga Machado à presidência da entidade, para um mandato até abril de 2011. A entidade substituiu, na prática, o antigo Mercado Atacadista de Energia Elétrica (MAE).

Lançamentos
A Editora Nova Razão Cultural realiza dois lançamentos no começo de maio. No dia 2 será A Barca Branca, de Marialzira Perestrello, primeira psicanalista mulher do Rio de Janeiro. No dia 9 será a vez de Luz do Leste – contos de Cabalá, de Marylena Salazar. Os dois lançamentos acontecem na Livraria Da Conde no Leblon.

Jurisprudência
A decisão do Congresso Nacional de considerar que, ao serem eleitos, parlamentares acusados de envolvimento em atos ilegais estão automaticamente absolvidos, ainda que tenham sido investigados e condenados pelo Parlamento, não é inédita. Em passado não tão remoto tinha até slogan, digamos, desenvolvimentista: “Rouba mas faz”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui