FCDL homenageia deputados da Alerj

Alerj também fez uma homenagem à federação de lojistas.

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj), deputado André Ceciliano (PT), e o deputado Marcelo Cabeleireiro (DC) receberam, nesta terça-feira, o prêmio Mérito Lojista 2021, da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL-Rio). A homenagem foi realizada na entidade de Niterói. O procurador-geral de Justiça do Rio de Janeiro, Luciano Matos, também recebeu o prêmio.

“Meu pai é comerciante e desde muito cedo trabalhei para ajudá-lo. Então, me sinto muito honrado com o prêmio, mas preciso reiterar que essa homenagem cabe a todos os 70 deputados do Parlamento fluminense. Juntos, votamos, discutimos e aprovamos importantes projetos para tirar o Rio da crise financeira que o estado enfrentou, principalmente nos anos de 2016 e 2017. O Parlamento todo está de parabéns”, disse Ceciliano.

Para o presidente da FCDL, Marcelo Mérida, o ano de 2021 foi marcado pela atuação precisa do Parlamento fluminense, no fomento à economia do estado. “É um momento muito simbólico para a gente. Vivemos uma situação muito atípica com a pandemia e, em muitas vezes, o Parlamento liderou movimentos que deram voz à sociedade. Por isso, não poderíamos deixar de indicar e homenagear esses dois parlamentares que atuaram muito pelo setor produtivo e lojista neste ano”, afirmou Mérida.

Ceciliano ainda destacou que, além da aprovação de projetos que impulsionaram o setor empresarial, como o Supera Rio – que concedeu crédito para micro e pequenas empresas durante a pandemia – e a permanência do Rio ao novo Regime de Recuperação Fiscal (RRF). A Casa economizou nos últimos três anos, mais de R$ 1,3 bilhões, recursos esses devolvidos ao Tesouro estadual.

“O Parlamento esteve empenhado nos últimos anos em fazer o Rio de Janeiro crescer e é com muita felicidade que destaco que o Rio hoje já arrecadou, entre janeiro e novembro deste ano, R$ 15 bilhões a mais do que o mesmo período do ano passado. Temos tudo para fazer o estado voltar a ser uma potência econômica do país”, disse.

No primeiro trimestre deste ano, o estado aumentou cerca de 40% o número de novas empresas abertas, comparado ao mesmo período de 2020. Segundo dados da Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (Jucerja), foram criadas 14.938 mil novas empresas, batendo recorde de iniciativas dos últimos 20 anos.

Fomento ao Galeão

O presidente da Alerj lembrou ainda que o estado tem grandes desafios para enfrentar, lembrando o debate sobre a concessão do Aeroporto Santos Dumont. Ceciliano pediu o apoio dos empresários à Frente em Defesa do Aeroporto Internacional Tom Jobim – o Galeão (GIG). Em 2019, o terminal chegou a transportar 21 milhões de passageiros e gerava 21 mil empregos. Hoje são dez milhões de pessoas e sete mil empregos. Ele ressaltou que é imprescindível a união de forças para salvar o Galeão.

“O nosso aeroporto internacional vem perdendo relevância e sofrendo com os impactos da proposta do Governo Federal em privatizar o Aeroporto Santos Dumont (SDU).Ninguém é contra a concessão do Santos Dumont, mas não podemos prejudicar um em detrimento do outro”, argumentou.

Homenagem

Além de ser homenageado, o deputado Marcelo Cabeleireiro, que também é comerciante, entregou, em nome da Alerj, ao presidente da Federação, Marcelo Mérida, o prêmio José Alencar – que reconhece o trabalho de personalidades ou entidades que contribuíram para o crescimento e desenvolvimento econômico no Estado do Rio de Janeiro.

“Esse prêmio existe no Parlamento desde 2012 e não poderíamos deixar de prestigiar as CDLs do nosso estado. Eles reconhecem o nosso trabalho e esforço e nós também reconhecemos o trabalho deles”, concluiu o deputado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

RJ terá dificuldades de pagar R$ 92 bi à União

O Governo do Estado do Rio de Janeiro poderá encontrar dificuldades para cumprir o pagamento de R$ 92 bilhões devidos à União. Isso porque...

Rio ameaça ir à justiça para manter Plano de Recuperação Fiscal

Ministério da Fazenda não aceita reajuste para servidores.

Laboratórios só têm testes de Covid para mais 7 dias

Estoques baixos também na Prefeitura de São Paulo, que limitou testagem a grupos prioritários.

Últimas Notícias

Empregos na saúde ultrapassa 4,6 milhões

O número de pessoas empregadas na cadeia produtiva da saúde cresceu 0,6% entre agosto e novembro do ano passado ao atingir 4.652.588 de trabalhadores,...

RJ terá dificuldades de pagar R$ 92 bi à União

O Governo do Estado do Rio de Janeiro poderá encontrar dificuldades para cumprir o pagamento de R$ 92 bilhões devidos à União. Isso porque...

China reduz juros em empréstimo de médio prazo

O banco central da China reduziu nesta segunda-feira (17) as taxas de juros de seus empréstimos de médio prazo (MLF) e repôs reversos em...

Petrobras: recorde de produção no pré-sal em 2021

A Petrobras atingiu recorde anual de produção no pré-sal em 2021, ao alcançar 1,95 milhão de barris de óleo equivalente por dia (boed). Esse...

Médicos de SP mantêm greve na quarta-feira

Após se reunirem com o secretário municipal de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, na tarde desta segunda-feira, o Sindicato dos Médicos de São...