Festa no Cristo celebrou os 458 anos do Rio

107
Eduardo Paes, Helô Pinheiro, Roberto Cury (da Sarca) e padre Omar, reitor do santuário do Cristo Redentor, no aniversário dos 458 anos do Rio (Foto: Sindilojas-Rio/divulgação)
Eduardo Paes, Helô Pinheiro, Roberto Cury (da Sarca) e padre Omar, reitor do santuário do Cristo Redentor, no aniversário dos 458 anos do Rio (Foto: Sindilojas-Rio/divulgação)

A comemoração dos 458 anos do Rio de Janeiro, completados neste 1º de março, teve como ponto de partida uma missa de Ação de Graças celebrada pelo arcebispo do Rio de Janeiro, cardeal dom Orani Tempesta, seguida por festa com direito a bolo de aniversário, no santuário do Cristo Redentor, um dos mais importantes símbolos da cidade e do Brasil.

A festa, organizada pela Sociedade dos Amigos da Rua da Carioca e Adjacências (Sarca), contou com a presença do prefeito Eduardo Paes e prestou uma homenagem a Helô Pinheiro, apresentadora, empresária e ex-modelo carioca que inspirou Tom Jobim e Vinicius de Moraes a criarem “Garota de Ipanema”, a canção que projetou a bossa nova internacionalmente. A comemoração contou também com a participação da banda da Guarda Municipal.

A eterna “garota de Ipanema” recebeu o troféu de “A mais carioca” e soprou as velinhas do bolo de aniversário, com 458 centímetros, em alusão aos anos de fundação da Cidade, que foi cortado e distribuído a convidados e turistas que estavam no Cristo. Emocionada, ela disse que receber esta homenagem, este reconhecimento, em vida, era maravilhoso.

Dom Orani Tempesta destacou as belezas naturais da cidade e, também, os seus problemas.

Espaço Publicitáriocnseg

“Todos sabemos que o Rio é uma cidade de altos e baixos. Temos um cenário exuberante, uma beleza que nos projeta para o Brasil e o mundo, mas é preciso que a gente possa conviver em paz. Convivemos com uma situação de insegurança que nos entristece. É preciso que a beleza que vemos na natureza se traduza também nas pessoas, na solidariedade e em uma sociedade mais pacífica. Essa é uma responsabilidade de todos nós”, disse o arcebispo do Rio.

Admitindo que os problemas são reais, o prefeito Eduardo Paes ressaltou, no entanto, que é preciso falar de coisas boas e que não se resumem à natureza exuberante do Rio.

“Precisamos exaltar nossas qualidades. Fizemos um lindo Carnaval, somos líderes no país em petróleo e gás, enfim, temos muito o que comemorar e que trabalhar sempre, para que tudo melhore”, afirmou.

O presidente da Sarca, Roberto Cury, lembrou que o evento é realizado desde os anos 90 pela entidade e faz parte do calendário oficial da Cidade do Rio de Janeiro. Ele agradeceu o apoio do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Município do Rio de Janeiro (Sindilojas-Rio), do Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro (CDL-Rio), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ), do trem do Corcovado e da prefeitura, por meio da RioTur e da Guarda Municipal, além da farinha Rosa Branca que sempre oferece o tradicional bolo de aniversário.

Mais tarde, por volta das 18h, o prefeito Eduardo Paes vai inaugurar a nova iluminação especial da Rua do Mercado, no Centro, e a Sarca levará outro bolo de aniversário para celebrar os 458 anos do Rio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui