33.2 C
Rio de Janeiro
sábado, janeiro 16, 2021

Fez que ia, não foi e acabou indo

Qualquer declaração do presidente eleito Jair Bolsonaro e de seus homens mais próximos deve ser vista com desconfiança. Afirmar e desmentir logo depois parece fazer parte de uma tática para criar confusão, evitando análises e comentários sobre suas propostas (noves fora, em muitos casos, ser fruto de falta de um programa definido).

Assim, a ideia de uma reforma previdenciária fatiada não pode ser encarada como um recuo. Enquanto tenta construir uma base de apoio no Congresso – e ninguém se iluda, a fórmula é o velho toma lá, dá cá – Bolsonaro pode jogar para a plateia com propostas mais brandas. Mas não se deve deixar levar por ilusões. Afinal, a pressão do “mercado” não é desprezível.

 

Poder feminino

Em empresas cujas donas são mulheres, até 90% de suas rendas são reinvestidas nas comunidades locais, o que representa fomento à economia. “O aumento da participação das mulheres nos mercados é traduzido em crescimento econômico e social”, afirmou Leslie Harper, representante do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no Fórum Nacional de Compras Públicas, encerrado em Brasília nesta quarta-feira.

As mulheres lideram a maior parte das empresas de pequeno e médio portes – de acordo com estudos internacionais, esses empreendimentos reúnem 80% do total de postos de trabalho. No âmbito das contas públicas, que na América Latina representam gastos em torno de 30% do PIB dos países da região, apenas 1% dos contratos é concedido a empresas de mulheres, de acordo com Leslie Harper.

 

Política fracassada

O Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) vai propor o fim do enfrentamento bélico ao comércio varejista de drogas nas áreas urbanas. Esta é uma das dez propostas que apresentará à Comissão de Atualização da Lei de Drogas, na audiência pública que será realizada nesta quinta-feira, na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP).

Presidida pelo ministro Marcelo Navarro, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), a comissão de juristas que promoverá o debate foi instituída pela presidência da Câmara Federal, em junho deste ano, para elaborar um anteprojeto de lei que visa a atualizar a Lei de Drogas (Lei 11.343/2006) e o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas. O presidente da Comissão de Direito Penal do IAB, Marcio Barandier, representará a entidade na audiência pública e apresentará parecer com as propostas do Instituto.

Para o IAB, a política de combate ao comércio de drogas, aplicada com cunho bélico e militar nos últimos 30 anos, se demonstrou fracassada e vem resultando num número elevado de mortos e feridos, entre suspeitos, policiais e inocentes, em operações desencadeadas nas zonas urbanas. O Instituto defende que o modelo de combate ao tráfico seja substituído por medidas de redução de danos e de saúde pública, bem como com investigações inteligentes que tenham por objetivo impedir o ingresso no Brasil de drogas e armas.

 

Reciclagem

Antes criticada pela esquerda, Miriam Leitão é agora odiada pela direita, assim como Reinaldo Azevedo. E os bolsonaristas se dedicam agora a atacar, nas redes, o Supremo Tribunal Federal – que tanto elogiavam quando comandava o mensalão e prendia petistas na Lava Jato.

 

Rápidas

A Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo promove, segunda e terça que vem, às 19h, no Theatro Municipal, uma noite de gala do circo, com duas apresentações do espetáculo A Lona Uniu as Gerações. O evento celebra o Dia do Palhaço, comemorado em 10 de dezembro *** A Rede Adventista Silvestre de Saúde realiza no dia 11, às 9h, no seu Centro Médico, em Botafogo (RJ), a palestra “Ano Novo – Metas Saudáveis”, com o cardiologista Fernando Montenegro. Inscrições pelo e-mail vanessa.morais@hasilvestre.org.br *** Neste domingo, a partir das 17h, o coral da Primeira Igreja Batista Parque Independência, do bairro de Bangu, se apresentará no West Shopping *** O FGV Ibre debate os rumos da economia no ano que vem. O IV Seminário de Análise Conjuntural do FGV IBRE será no dia 10, no Centro Cultural FGV, no Rio, das 16h às 18h. Mais informações em http://portalibre.fgv.br *** O Shopping Jardim Guadalupe promove, até o dia 20, campanha de arrecadação de brinquedos para as crianças atendidas pelo Instituto Mundo Novo *** O Trio das Quartas – formado por Cláudia Barcellos, Kiko Chavez e Renato Aroeira – se apresenta neste sábado, às 20h, no Espaço Alegretti (Copacabana Rio Hotel, Av. N. Sa. de Copacabana, 1256).

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

Não foi a disrupção que derrotou a Ford

Mercado de automóveis está mudando, mas montadora sucumbiu aos próprios erros e à estagnação que já dura 6 anos.

Quantas mortes pode-se debitar na conta de Bolsonaro?

Se índice de óbitos por Covid-19 no Brasil seguisse a média mundial, teriam sido poupadas 154 mil vidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Varejo sente redução no auxílio e alta da inflação

Comércio ficou estável em novembro e quebrou sequência de recuperação.

Senado quer que Pazuello se explique

Pedido de convocação para cobrar ação do Ministério da Saúde no Amazonas.

Lenta recuperação na produção industrial dos EUA

Setor ainda está 3,6% abaixo do nível anterior à pandemia.

Realização de lucros em âmbito global

Bolsas europeias e os índices futuros de NY operam em baixa nesta manhã de sexta-feira.

Desaceleração deve vir no começo do primeiro trimestre

Novo pacote de estímulo fiscal, bem como o avanço da imunização, deve garantir reaceleração em direção ao final do período.