Fim de festa

Hoje, a Bolsa de Valores do Rio de Janeiro (BVRJ) realiza seu último pregão, oficializando a morte anunciada do mercado carioca que se arrasta desde o escândalo do caso Nahas. Apesar do fim da BVRJ, seu presidente, Carlos Reis, não ficará ao relento, assumindo a presidência da Comissão Nacional de Bolsas de Valores (CNBV). Com o fim da maioria das bolsas brasileiras, restou à CNBV a Bovespa, a Bolsa de Santos, a BM&F, a Soma e a nova versão da BVRJ, responsável pela negociação do mercado secundário de títulos públicos. Depois de 20 anos, em Belo Horizonte, a sede da CNBV será transferida de Minas Gerais para o Rio de Janeiro.

Rei do blefe
A postura do senador Antônio Carlos transferindo a decisão sobre o adiamento da votação do salário mínimo da presidência do Senado para o plenário, onde a maioria governista se encarregou de sepultar o acordo com a oposição, adiando a votação da Medida Provisória do reajuste do mínimo, apenas reafirma antiga verdade: ACM rosna como leão, mas, na hora agá, age como um gato desdentado.
Bumbum
Os trabalhadores e aposentados que ocuparam ontem as galerias da Câmara como forma de protesto pela não-votação da Medida Provisória do salário mínimo deram as costas para o plenário e chegaram a abaixar as calças. A galeria é isolada por um vidro fumê, que impede os parlamentares de verem e ouvirem os manifestantes. Alguns diziam que os congressistas deveriam honrar as calças que vestem.

Turismo presidencial
A incompatibilidade de FH com o povo brasileiro leva esta coluna a fazer algumas sugestões de viagem para o presidente – pelo Brasil, claro, pois no eixo EUA-França-Suíça FH se locomove sem qualquer incidente. FH poderia ir para a Ilha do Caju, no Delta do Parnaíba, entre Maranhão e Piauí, propriedade particular aonde os turistas só chegam de barco; ou o Colégio do Caraça, interior de Minas, em meio a um parque florestal guarnecido por guarita que fecha ao anoitecer (se bem que lá FH poderia se sentir deslocado; quando ainda funcionava como colégio, lá se formaram alguns dos principais líderes de Minas Gerais). O presidente poderia pensar em ir para alguns dos excelentes hotéis que florescem isolados na Selva Amazônica – se bem que sempre correria o risco de encontrar algum índio furioso. Em último caso, restaria passear em shopping centers da Barra da Tijuca, com sua “cultura” made in Miami.

Cativo
Motoristas e guardadores que atuam na área do Metrô de Botafogo transformaram o Rio Rotativo em Vaga Certa. O estacionamento na região, pago através de tíquete, deveria se limitar a quatro horas. Alguns carros, porém, ostentam dois e até três tíquetes no parabrisa, elevando o período de permanência para até 12 horas. Isso só pode ser feito com a complacência dos guardadores, responsáveis pela venda dos tíquetes. Resta saber se a CET-Rio concorda com a prática.

Calcanhar de Aquiles
Embora continuado, o crescimento dos Estados Unidos apresenta, entre as suas inconsistências, o baixo investimento em educação. Esse déficit foi admitido pelo consultor de tecnologia da Casa Branca e diretor do escritório de política científica e tecnologia do Governo dos Estados Unidos, Duncan Moore. Para se ter uma dimensão do problema, nos próximos dez anos aquele país terá de substituir 2,2 milhões dos 3 milhões de professores primários e secundários. O consultor afirma que, devido aos baixos salários no ensino fundamental, os graduados em matemática preferem trabalhar em empresas em vez de dar aulas.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAumento veloz
Próximo artigoNão falha

Artigos Relacionados

Europa admite 2 pesos na crise na Ucrânia e em Gaza

Cinismo típico da mentalidade colonial

Petróleo sob disfarce de direitos humanos

China descobre grande reserva na Região de Uigur, alvo das ‘preocupações’ dos EUA.

Ameaça de demissões expõe crise na Saúde

Piso de menos de 4 SM para enfermagem revela desvalorização.

Últimas Notícias

Mercado imobiliário dos EUA entra em recessão

Seis em 10 norte-americanos temem não conseguir pagar suas hipotecas em 2023.

Nubank: resultado do 2T22 e a perspectiva de recuperação das ações

Destaque para captação de clientes, mas risco de inadimplência é alto.

Rio CVB: Receita do Rock in Rio acima de US$ 158 milhões

Evento deve gerar pagamento de US$ 7,9 milhões em impostos à cidade.

Anatel recebe cerca de 1 milhão de queixas

Reclamações foram contra serviços de telefonia, internet e TV.

Europa admite 2 pesos na crise na Ucrânia e em Gaza

Cinismo típico da mentalidade colonial