Fim de linha

Ironia com os adoradores da dolarização. A banda endógena do Cavallo atende pelo nome de euro.

Campeão
Desde 1870, a economia brasileira cresceu mais que todas as demais grandes economias, multiplicando sua produção até 1995 em 108 vezes, de acordo com o respeitado economista Angus Maddison. A lembrança foi feita pela revista Newsweek.
Bola da vez
Na sua mais recente edição, Newsweek pergunta: “Terá chegado a vez de o Brasil sofrer?”. Segundo a revista, o Brasil pode parecer sem saída hoje, mas poucos acham que acabará numa situação tão ruim como a da Argentina. Os argentinos estão acompanhando a situação brasileira com atenção. Se os investidores fugirem do Brasil, fugirão da região toda, então a tempestade brasileira não será a bonança de seu rival. Pelo contrário, qualquer sinal de melhoria no Brasil é notícia boa para toda a América Latina, especialmente para a Argentina.

De volta
Fernando Peregrino, membro do Conselho Editorial do MONITOR MERCANTIL, assumiu ontem a presidência da Faperj, fundação de pesquisa do Estado do Rio de Janeiro. Peregrino deixa o Proderj, centro responsável pela informatização dos órgãos e secretarias do governo e que obteve invejáveis resultados nos últimos dois anos, mas continua como titular da Coordenadoria Setorial de Desenvolvimento Humano, ligada ao governador.

Longo prazo
O secretário dos Transportes do Estado de São Paulo, Michael Zeitlin, apresenta hoje, às 9h30, no Centro de Convenções da Unicamp, o Plano Diretor de Desenvolvimento de Transportes (PDDT). Trata-se do planejamento para os próximos 20 anos para dotar o sistema de transportes de São Paulo de uma estrutura mais adequada e moderna. Durante a programação Zeitlin irá expor os projetos rodoviários (rodoanel de São Paulo, duplicação da Imigrantes, prolongamento da Rodovia dos Bandeirantes e o Anel Rodoviário de Campinas), a regionalização do Porto de Santos, a ampliação de aeroportos, malha de vicinais e ferrovias e a reestruturação da secretaria.

No ar
O movimento de passageiros nos 66 aeroportos administrados pela Infraero cresceu 7,13% nos primeiros quatro meses do ano, em relação ao mesmo período do ano passado. Esses aeroportos concentram 97% do total de passageiros aeroviários do país. No primeiro quadrimestre do ano, a aviação do país transportou 23,9 milhões de pessoas, contra 22,3 milhões no mesmo período do ano passado. O crescimento médio mundial gira em torno de 4%. O número total de pousos e decolagens no país, porém, cresceu apenas 2,53%, bem abaixo do alta no número de passageiros, o que indica redução do número de vôos e maior concentração no setor.

Causa & efeito
O Parlamento Latino-Americano (Parlatino) vai se reunir, entre 10 e 13 de julho, na Venezuela, para debater a dívida social e a integração da América Latina. Os organizadores do encontro, que esperam reunir parlamentares, membros de de governos e organismos internacionais, líderes sociais, sindicais e religiosos, destacam serem “óbvios os vínculos entre o pagamento da dívida externa financeira de nossos países e sua imensa dívida social”. Eles lembram que essa visão conta inclusive com a bênção do papa João Paulo II, que, liderou o Jubileu de Ouro, em defesa do cancelamento de parte da dívida externa dos países em desenvolvimento.

Perspectivas
Ainda que, por caminhos transversos e com conseqüências pesadas inicialmente, o desmonte da armadilha do câmbio fixo é o único caminho para recolocar a Argentina, no médio prazo, no mundo dos com-indústria. É indispensável, no entanto, que seja seguida de medidas imediatas e firmes, como o controle sobre o câmbio, substituição de importações e uma política industrial que garanta um mínimo de sotaque espanhol no desnacionalizado setor argentino.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVelho regime
Próximo artigoAusentes

Artigos Relacionados

Alta dos preços leva a aumento de protestos

Agitação em países onde manifestações eram raras preocupa FMI.

Montadoras não vieram; demissões, sim

Promessas de Doria e Bolsonaro para fábrica da Ford não passaram de conversa para gado dormir.

Ganhos de motoristas de app desabam

Renda média é de pouco mais de 1,5 salário mínimo.

Últimas Notícias

Câmara deve colocar em votação PL que desonera tarifas de energia

Em 2021, o Brasil passou pela pior crise hídrica em mais de 90 anos

Metodologia para participação de investidor estrangeiro

Serão considerados os dados de liquidação das operações realizadas no mercado primário nos sistemas da B3

Fitch eleva rating do Banco Sicoob para AA (bra)

Houve melhora do perfil de negócios e de risco da instituição

Petrobras Conexões para Inovação cria robô de combate a incêndio

Estatal: Primeiro no mundo adaptado para a indústria de óleo e gás