Dia de Finados tem alta em vendas de planos funerais e pedidos de paz

Cemitérios receberam cerca de 60 mil visitantes na semana do Dia de Finados.

78

O Grupo Zelo, empresa de serviços funerários, informou que os 12 cemitérios que administra, em Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Tocantins, Ceará e Pernambuco, receberam cerca de 60 mil visitantes na semana do Dia de Finados. Segundo a empresa, cerca de 2 mil profissionais, entre trabalhadores diretos e indiretos, trabalharam nas preparações para a data.

Em novembro dos últimos dois anos, o Grupo Zelo registrou aumento de 50% nas vendas de planos, em comparação com os meses de setembro e outubro. Já para este ano a expectativa é ultrapassar esse volume e chegar a 60%.

A empresa atua em 14 estados brasileiros e no Distrito Federal, e possui cerca de 4 milhões de vidas cobertas pelos seus planos no Brasil, entre titulares e dependentes.

Paz no mundo

Neste feriado de finados, no Rio de Janeiro, o arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta, falou sobre a violência que assola o mundo. Dom Orani deu início à programação do Dia de Finados no Crematório e Cemitério da Penitência, no Caju, região portuária. Em seguida, o padre Pedro Paulo Alves dos Santos celebrou uma missa na Capela Histórica, construída em 1905. Uma mensagem com pedido de paz para o Rio, o Brasil e o mundo foi reproduzida em um painel gigante no topo do cemitério:

Espaço Publicitáriocnseg

“Saudemos a memória dos entes queridos e a Paz no mundo!”

A mensagem será exibida até este domingo em um telão de LED de 252 metros quadrados, no prédio vertical do Cemitério da Penitência, que pode ser visto dos principais corredores viários da cidade, a Avenida Brasil e a Linha Vermelha. A CEO do Crematório e Cemitério da Penitência, Karla Monielly, calcula que a mensagem seja vista por mais de 3 milhões de pessoas que circulam nas vias.

Também um outro pedido de paz foi feito em pipas gigantes, de quase dois metros, no céu. A ação chamou atenção sobre o perigoso uso do cerol e da linha chilena, proibidos no país.

A movimentação do cemitério do Caju foi enorme e, segundo sua administração, cerca de 5 mil visitaram os túmulos dos entes e amigos queridos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui