Financiamentos de veículos crescem 88% em maio na comparação com 2020

Veículos novos tiveram maior destaque no período, com crescimento de 120%. Motos puxaram o segmento.

As vendas financiadas de veículos em maio de 2021 somaram 504 mil unidades, entre novos e usados, de acordo com dados da B3. O número, que inclui autos leves, motos e pesados em todo o país, representa aumento de 88% se comparado a maio de 2020, quando os financiamentos de veículos somaram 268 mil unidades.

Os veículos novos tiveram maior destaque no período, com crescimento de 120% se comparado a maio do ano anterior. O aumento se deu principalmente pelo financiamento de motos novas, com alta de 211% em relação ao mesmo mês de 2020.

“Os números apresentados são bastante altos porque em maio do ano passado ainda estávamos no início da pandemia do coronavírus e o mercado de financiamentos de veículos estava em baixa. Se compararmos com abril de 2021, as vendas a crédito registraram aumento de 7,8%” explica Tatiana Masumoto Costa, superintendente de Planejamento da B3.

No último mês, foi observada mais uma vez a tendência de aumento de financiamentos de veículos usados, principalmente para autos leves com maior tempo de uso. Em comparação com maio de 2020, as vendas a crédito de veículos leves entre 9 e 12 anos de uso cresceram 104% e as de veículos com mais de 12 anos de uso, 140%.

No acumulado de 2021, de janeiro a maio, as vendas financiadas de veículos somaram 2,37 milhões de unidades. Esse volume representa crescimento de 24,4% em relação a 2020 e equivale a 466 mil unidades. O número de 2021 está próximo do registrado em 2019, quando, de janeiro a maio, foram financiados 2,42 milhões de veículos.

A B3 opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), a maior base privada do país, que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil.

Artigos Relacionados

Urna eletrônica: TSE é acusado de ignorar a ciência

Ausência de um representante do Tribunal ao debate irritou deputados.

WePAD aproxima público das fraldas geriátricas Tena

Ação pretende ajudar consumidores a desmistificarem tabu para compra do produto.

Crise na economia atinge PMEs que lideram pedidos de falência no país

Pequenas e médias empresas também lideram pedidos de recuperação judicial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Conselheiro de Bolsonaro elogia Suécia sem lockdown

No seu depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, nesta terça-feira, o deputado federal Osmar Terra (MDB-RS), ao justificar ser contrário a...

Queda do bitcoin era um movimento esperado

A criptomoeda bitcoin teve uma queda abrupta e se aproximou de US$ 34 mil nesta terça-feira, pela primeira vez em cinco meses. O recuo...

MG lança consulta pública para concessão de rodovias

Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra), abriu consulta pública para o processo de concessão dos dois primeiros...

Copom: ‘Retomada robusta da atividade’ no segundo semestre

Uma semana após a última reunião do Comitê de Política Econômica (Copom) que aumentou a taxa básica de juros, a Selic, em 0,75 ponto...

Urna eletrônica: TSE é acusado de ignorar a ciência

Ausência de um representante do Tribunal ao debate irritou deputados.