Fitch eleva rating do Banco Sicoob para AA (bra)

Houve melhora do perfil de negócios e de risco da instituição

A Fitch Ratings elevou, nesta sexta-feira, o Rating Nacional de Longo Prazo do Banco Cooperativo Sicoob S.A para ‘AA (bra)’, de ‘AA-(bra)’. A Perspectiva é estável. Ao mesmo tempo, a agência afirmou o Rating Nacional de Curto Prazo ‘F1+(bra)’ do banco.

Fundado há 25 anos, o Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) é o maior sistema financeiro cooperativo do país com mais de 6 milhões de cooperados, 3.789 pontos de atendimento, distribuídos em todo o território nacional. É composto por cooperativas financeiras e empresas de apoio, que em conjunto oferecem aos cooperados serviços de conta corrente, crédito, investimento, cartões, previdência, consórcio, seguros, cobrança bancária, adquirência de meios eletrônicos de pagamento, dentre outros.

A agência de classificação de risco explica que a elevação reflete a melhora do perfil de negócios e de risco do Sicoob após a unificação de marca, sistemas, controles e governança do banco e da confederação. Além disso, ocorreram significativos avanços nos mecanismos de suporte mútuo das cooperativas do Sicoob com o aumento do Fundo de Proteção Sicoob e houve adesão de 11 cooperativas centrais a uma reponsabilidade solidária para os repasses do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). As entidades que firmaram o acordo de solidariedade representam 81,4% dos ativos do Sicoob.

Fundamentos

Os ratings do Banco Sicoob refletem seu adequado perfil de negócios, beneficiado pelo seu importante papel de ser um dos maiores sistemas cooperativos do país”, argumenta a agência que destaca o moderado perfil de risco da instituição, que apresenta bons controles, e da estrutura única de marca, de políticas de liquidez centralizadas, padronizadas e claras em seus estatutos, que implicam em adequada fungibilidade de liquidez e de capital entre os membros do grupo.

Os ratings refletem ainda o perfil financeiro do Banco Sicoob, de bons indicadores de qualidade de crédito, rentabilidade, capitalização e funding/liquidez, apesar do porte ainda moderado no sistema financeiro nacional.

O perfil de negócios do Banco Sicoob se beneficia do vínculo entre o banco e o sistema, que propicia escala de negócios e geração de receitas e captações de depósitos estáveis. O Banco Sicoob opera de forma integrada e tem papel importante dentro da estratégia do Sicoob. A estrutura do sistema ainda não possui mecanismos de garantia solidária entre todas as cooperativas, mas há um longo histórico de cooperação e incorporação entre as entidades, sem perdas para os associados nos últimos ciclos econômicos. Por isso, a Fitch analisa os números do banco e do sistema conjuntamente desde 2014, quando o sistema começou a apresentar suas demonstrações financeiras combinadas e auditadas.

Perfil de risco

De acordo com a Fitch, o perfil de risco do banco é moderado, dados os controles de qualidade de risco de ativos bem estruturados e constantemente monitorados por todos os integrantes do sistema, apesar do alto crescimento da concessão de crédito nos últimos anos.

O risco de mercado também é moderado, com descasamentos de taxas naturais a seu modelo de negócios e comuns aos balanços das cooperativas singulares, embora com impactos irrelevantes e atenuados pela alta liquidez do sistema.

Rentabilidade

A rentabilidade do Sicoob é adequada: em 2021 e na média dos últimos quatro anos, a relação lucro operacional/ativos ponderados pelo risco gerencial foi de 3,4%. Seu lucro tem sido beneficiado pelo crescimento de suas operações e por baixas provisões para impostos, decorrentes da natureza de seu negócio.

No Brasil, operações realizadas dentro de sistemas cooperativos estão isentas de impostos federais (imposto de renda e contribuição social sobre lucro líquido – CSLL), o que deve continuar favorecendo a lucratividade e o capital do emissor, já que a Fitch não trabalha com o cenário de mudanças regulatórias no setor.

Os indicadores de crédito problemáticos do Sicoob têm sido relativamente estáveis e estado em bons níveis. Os créditos em atraso acima de noventa dias correspondiam a 1,3% em 2021, 1,4% em 2020 e 2,3% em 2019. A cobertura foi reforçada em 2020 e 2021, e as provisões cobriam altos 353% dos créditos vencidos acima de noventa dias em 2021, contra 376% em 2020. Os créditos classificados entre “D-H” representavam 8,3% do total em 2021 e 10,1% na média dos últimos quatro anos. Dado seu modelo de negócios (créditos a associados), o Sicoob mantém forte relacionamento com os cooperados e adequado nível de garantias.

As autoridades não solicitam um indicador mínimo de capitalização regulatório para os sistemas cooperativos, apenas para o banco e para as cooperativas individuais. O índice de capital principal combinado do sistema seria de altos 18,0% em 2021 e de 19,4%, em 2020. O índice de capital regulatório do Banco Sicoob era de adequados 13,5% em 2021 e 14,0% em 2020, acima do mínimo requerido.

As captações do Sicoob continuaram adequadas em 2021, com depósitos pulverizados e de baixo custo sendo sua principal fonte. A liquidez era bastante confortável, com os ativos líquidos geridos majoritariamente pelo Banco Sicoob. O indicador crédito/depósitos era de satisfatórios 101% em 2021 e de 93% na média dos últimos quatro anos – percentuais superiores aos dos pares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Fintechs emprestaram mais de R$ 12 bi em 2021

Crédito é quase o dobro do ano anterior, diz pesquisa da ABCD e PwC Brasil

Adquirir conhecimento é a chave para investir melhor

Para economista, medo é o mesmo sentimento que se tem do desconhecido

Bancos elevam projeção da carteira de crédito para 2022

Nova revisão foi puxada pela carteira com recursos livres

Últimas Notícias

BNDES: R$ 317,2 milhões nos aeroportos de Mato Grosso

Ao todo serão investidos R$ 500 milhões nos quatro aeroportos, com participação de 65% do BNDES

Fintechs emprestaram mais de R$ 12 bi em 2021

Crédito é quase o dobro do ano anterior, diz pesquisa da ABCD e PwC Brasil

Regulador divulga primeiro balanço sobre o 5G em Portugal

No final do primeiro trimestre, já havia 2.918 estações de rede 5G espalhadas por 198 cidades (64% das cidades)

Está mais fácil comprar carro na China

Vendas no varejo de veículos de passageiros atingiram 1,42 milhão de unidades durante o período de 1 a 26 de junho

Adquirir conhecimento é a chave para investir melhor

Para economista, medo é o mesmo sentimento que se tem do desconhecido