FMI alerta sobre mais riscos negativos para economia global

Em abril, Fundo havia dito que o crescimento global desaceleraria de estimados 6,1% em 2021 para 3,6% em 2022 e 2023.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) alertou na última terça-feira sobre novos riscos para a economia global e a inflação em espiral no mundo inteiro devido ao conflito na Ucrânia, ao mesmo tempo em que afirmou que a China continuará sendo um motor de crescimento após os “riscos de curto prazo”.

“Estamos vendo mais fraquezas na economia global. A guerra está criando um estresse imenso em todo o mundo, com preços maiores para commodities em todos os lugares”, disse à Xinhua, Gita Gopinath, primeira vice-diretora administrativa do FMI com sede em Washington, durante uma entrevista exclusiva no Fórum Econômico Mundial em Davos, Suíça.

Em abril, o FMI, em seu Fórum Econômico Mundial, havia dito que o crescimento global desaceleraria de estimados 6,1% em 2021 para 3,6% em 2022 e 2023. Isso indica 0,8 e 0,2 pontos percentuais menores para 2022 e 2023 do que havia sido projetado em janeiro. Enquanto isso, a economia chinesa deve crescer 4,4% este ano, seguida por um crescimento de 5,1% em 2023, também observou o relatório.

Ao falar sobre suas perspectivas sobre a economia chinesa, Gopinath disse que, se a China puder lidar com os “riscos de curto prazo em termos de Covid” e outros, “é claro que continua sendo um dos importantes motores de crescimento”.

Do ponto de vista da economia global, Gopinath disse que o crescimento da China tem implicações para o comércio global e para o crescimento em outras partes do mundo.

De acordo com o Escritório Nacional de Estatísticas da China, o Produto Interno Bruto do país cresceu 4,8% ao ano no primeiro trimestre, marcando um início estável em 2022 diante dos desafios globais e do ressurgimento dos casos de Covid-19. Em março, a China estabeleceu sua meta de crescimento econômico em cerca de 5,5% para 2022, depois de ver uma forte recuperação de 8,1% em 2021 e se tornar a única grande economia a registrar crescimento em 2020.

Enquanto isso, o relatório de abril do FMI também escreveu que a inflação global está projetada em 5,7% em 2022 nas economias avançadas e 8,7% nos mercados emergentes e economias em desenvolvimento, 1,8 e 2,8 pontos percentuais acima da projeção de janeiro.

Gopinath disse que a pressão inflacionária continua sendo uma das principais preocupações. “Na maioria dos países do mundo, a inflação global está em níveis recordes por causa dos altos níveis nos preços de energia e nos preços de alimentos”, enfatizou ela.

Ela também disse estar preocupada com a atual tendência de desglobalização: “Esta é outra grande preocupação que temos, o fenômeno da dissociação, da fragmentação do mundo em blocos geoeconômicos”.

 

Agência Xinhua

Leia também:

Economia dos Estados Unidos caminha para pouso forçado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

EUA: tiroteio em escola bate maior número em 20 anos

Segundo relatório, houve apenas 23 incidentes com vítimas fatais durante o ano letivo de 2000/2001.

Mercado de trabalho nos próximos meses pode continuar frágil

Segundo especialistas, no segundo semestre, oportunidades poderão se concentrar no mercado de trabalho informal.

‘Adesão da Finlândia e da Suécia enfraquecerá Otan’

Para estudiosa, Ocidente 'precisou' se expandir para países da ex-URSS para impor 'valores ocidentais' e 'democracia', segundo a narrativa.

Últimas Notícias

Geladeiras devem exibir nova etiqueta de eficiência

Comércio varejista tem prazo até 30 de junho de 2023 para continuar vendendo os produtos com a etiqueta antiga.

Mercado pet deve crescer 14% em 2022

Chile é o país que mais importou produtos pets brasileiros no primeiro trimestre; setor prevê novas exportações neste ano.

FGTS vira moeda do governo para movimentar a economia

Atualização monetária das contas do Fundo não acontece e trabalhador continua no prejuízo.

EUA: tiroteio em escola bate maior número em 20 anos

Segundo relatório, houve apenas 23 incidentes com vítimas fatais durante o ano letivo de 2000/2001.

Bebidas Online busca captar R$ 2 milhões com pessoas físicas

Com crescimento projetado de 19% para 2022, startup de delivery de bebidas usará recursos nas áreas de marketing, desenvolvimento de produtos e expansão do time