FMI: orçamento deve atender direitos das mulheres

As mulheres sofreram mais o impacto econômico e social da pandemia. Com muitos governos preparando orçamentos para o próximo ano fiscal, existe uma oportunidade para combater essa desigualdade, defendem os pesquisadores do Fundo Monetário Internacional (FMI) Antoinette Sayeh, Jiro Honda, Carolina Renteria e Vincent Tang, em texto publicado às vésperas do Dia Internacional de Mulher, que é comemorado em 8 de março.

No Chile, 76% das mulheres relataram passar mais tempo em tarefas domésticas desde o início do Covid-19. O México viu um aumento de 53% nas ligações de emergência relacionadas à violência contra as mulheres. O Fundo Malala estima que 20 milhões de meninas em países em desenvolvimento podem nunca mais voltar para a sala de aula após o fechamento de escolas relacionadas à pandemia.

Os integrantes do FMI explicam que é crucial alocar recursos suficientes para as políticas de gênero para transformar objetivos em ações. Por exemplo, o programa do FMI no Egito incluiu medidas para apoiar alocações orçamentárias mais elevadas para transferências de dinheiro direcionadas (muitas para mulheres) e para melhorar os serviços públicos de creche.

Quase todos os países têm metas de igualdade de gênero, mas uma pesquisa do FMI revela que apenas metade tem estruturas legais para realizá-las. Apenas um quarto usa práticas estabelecidas, como Declarações de Orçamento de Gênero e Avaliações de Impacto de Gênero.

Artigos Relacionados

Condições econômicas atuais recuou 0,1% em março

O Indicador Antecedente Composto da Economia Brasileira (Iace), divulgado nesta quarta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e The Conference Board (TCB), caiu 2,2% em...

Mobility e Renault firmam parceria para leasing de veículos na Europa

A Mobility, um dos principais players brasileiros de locação de veículos para grandes agências de turismo nacionais e internacionais, firmou parceria com a Renault...

Jornalista agora pode ser MEI

Senado tentou incluir corretor de imóveis, publicitários e produtores culturais no projeto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Jornalista agora pode ser MEI

Senado tentou incluir corretor de imóveis, publicitários e produtores culturais no projeto.

STF determina reintegração de excluídos do Bolsa Família

Ministro Marco Aurélio avaliou que Governo Federal estava descumprindo determinação.

Preços dos medicamentos voltam a subir em março

Segundo levantamento, resultado reflete agravamento da pandemia, colapso das unidades de saúde e depreciação cambial.

Planos devem autorizar exame de Covid de forma imediata

Antes da determinação da ANS, os planos podiam demorar até três dias úteis para garantir o atendimento ao pedido.

Cresce demanda árabe por café verde e solúvel do Brasil

No primeiro trimestre deste ano, país exportou 37% mais café à região; além dos grãos verdes, crus, países têm demandado mais produto solúvel.