FMI teme onda de reestruturação de dívidas e sugere leilão

O Fundo Monetário Internacional (FMI) se antecipa a uma possível onda de reestruturações de dívidas após a pandemia. Em texto divulgado durante o Encontro de Primavera 2021, que se realiza em Washington, economistas do Fundo propõem um mecanismo baseado em leilão que pode ajudar a descobrir as preferências dos credores e maximizar a eficiência da renegociação.

“O leilão permite que o país primeiro colete lances de credores em vários créditos reestruturados – diferindo em vencimento, moeda e contingência estatal – após o que ele pode alocá-los de forma eficiente (emitindo mais no instrumento para o qual a demanda é mais forte, alocando cada crédito reestruturado ao credor cuja avaliação relativa é mais elevada)”, defende o estudo, apresentado por Tim Willems, do Departamento de Estratégia do FMI.

Para os técnicos, isso resultará em um estoque da dívida pós-reestruturação perfeitamente ajustado às preferências dos credores, permitindo que cada credor contribua para o alívio da dívida de uma forma que seja menos dolorosa para eles.

“Combinado com a capacidade dos leilões de implantar ferramentas de reestruturação legal, isso poderia suavizar o processo e tornar mais fácil para um país soberano em dificuldades financeiras obter o alívio necessário. O mesmo processo também pode ser usado para facilitar trocas voluntárias de dívida, para fins de gestão da dívida, por exemplo.”

Leia também:

Reservas cambiais da China diminuíram em março

Bancos chineses confirmam aumento de 1,93% do lucro líquido em 2020

Artigos Relacionados

Condições econômicas atuais recuou 0,1% em março

O Indicador Antecedente Composto da Economia Brasileira (Iace), divulgado nesta quarta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e The Conference Board (TCB), caiu 2,2% em...

Mobility e Renault firmam parceria para leasing de veículos na Europa

A Mobility, um dos principais players brasileiros de locação de veículos para grandes agências de turismo nacionais e internacionais, firmou parceria com a Renault...

Bolsonaro derrete nas pesquisas para eleição de 2022

Diferença para Lula em eventual segundo turno avança para 18 pontos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Jornalista agora pode ser MEI

Senado tentou incluir corretor de imóveis, publicitários e produtores culturais no projeto.

STF determina reintegração de excluídos do Bolsa Família

Ministro Marco Aurélio avaliou que Governo Federal estava descumprindo determinação.

Preços dos medicamentos voltam a subir em março

Segundo levantamento, resultado reflete agravamento da pandemia, colapso das unidades de saúde e depreciação cambial.

Planos devem autorizar exame de Covid de forma imediata

Antes da determinação da ANS, os planos podiam demorar até três dias úteis para garantir o atendimento ao pedido.

Cresce demanda árabe por café verde e solúvel do Brasil

No primeiro trimestre deste ano, país exportou 37% mais café à região; além dos grãos verdes, crus, países têm demandado mais produto solúvel.