Ford é obrigada a manter assistência técnica e manutenção

Segundo a Proteste, Código do Consumidor não fixa período, mas várias decisões judiciais estabeleceram prazo de cinco anos.

No dia 11 de janeiro, a Ford anunciou o fim da produção de carros no Brasil, o que levantou uma série de dúvidas em clientes da marca.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC), a multinacional permanece obrigada a disponibilizar serviços voltados à manutenção, apoio técnico e assistência aos seus consumidores brasileiros. No entanto, explica a especialista Proteste, Bianca Caetano, não já um período fixo estabelecido pela lei.

“O que existe são decisões judiciais constantes que estabelecem de um prazo de cinco anos. Nesse caso, será válido, tanto para os produtos com garantia ou sem garantia. Para os itens sem garantia, a única diferença é que o consumidor irá arcar com a aquisição de peças para manutenção”, afirmou a especialista.

Bianca ressalta que é preciso atenção dos consumidores que têm carro fabricado pela Ford no Brasil, já que o fim da produção no país representa uma instabilidade na relação entre a montadora e os clientes.

“É importante o consumidor ficar atento às notícias sobre a empresa quanto a sua manutenção em mercado, se atentar ao prazo de garantia oferecido pelo fabricante. É importante guardar documentos como nota fiscal e certificado de garantia com as condições de uso expressas, para em caso de descumprimento, ser possível exigir seu direito” reforça.

Em um cenário de falta de assistência, o cliente que se encontrar em uma situação prejudicial, pode procurar a Proteste, que dá aos consumidores instruções para o cumprimento do direito ao suporte.

A Proteste recomenda que os consumidores também fiquem atentos aos preços dos seguros, assim como a possível recusa por parte das seguradoras na cobertura de carros de marca.

Em nota oficial, a Ford declarou que todos os veículos em território brasileiro continuaram com suporte e suas garantias asseguradas corretamente.

Leia mais:

Ford é proibida de alienar bens e maquinário em Taubaté

Qual o impacto do fechamento das fábricas da Ford

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Petrobras: mais prazo de inscrição no novo Marco Legal das Startups

Interessados em participar do primeiro edital da Petrobras baseado no novo Marco Legal das Startups (MSL) poderão inscrever-se até o dia 12 de dezembro....

Ômicron se espalha pelo mercado financeiro

Bolsas caem com especulação sobre efeitos da nova variante.

Preços do barril de petróleo desabam com nova variante

Queda de 13% nos EUA e de 11,5% no Reino Unido.

Últimas Notícias

Mercado corre do risco em momento de estresse

Se tem uma coisa que o mercado é previsível é com relação ao seu comportamento em momentos de estresse é aversão ao risco. “Nessa...

Petrobras: mais prazo de inscrição no novo Marco Legal das Startups

Interessados em participar do primeiro edital da Petrobras baseado no novo Marco Legal das Startups (MSL) poderão inscrever-se até o dia 12 de dezembro....

Canal oficial para investidor pessoa física na B3

A partir desta sexta-feira, a nova área logada do investidor da B3, lançada em junho, passa a ser o canal que centraliza todas as...

Fitch Ratings atualiza metodologia de Rating de Seguros

A Fitch Ratings, agência de classificação de risco, publicou nesta sexta-feira relatório de atualização de sua Metodologia de Rating de Seguros. Segundo a agência,...

STF desbloqueia bens de Lula

Por maioria de três votos a um, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta sexta-feira, desbloquear os bens do ex-presidente Lula...