França e Alemanha propõem apoio de € 500 bi sem reembolso

Dinheiro seria incorporado ao orçamento da União Europeia.

Internacional / 21:27 - 18 de mai de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A primeira-ministra alemã Angela Merkel e o presidente francês Emmanuel Macron concordaram em uma proposta para a reconstrução da Europa, que inclui um fundo de ajuda de € 500 bilhões para os países mais atingidos.

De acordo com a proposta franco-alemã, os países-membros que receberem os fundos não precisariam devolver o dinheiro. A responsabilidade pela dívida seria acrescentada ao orçamento da União Europeia, para o qual as contribuições dos membros variam de acordo com o tamanho e a prosperidade de suas economias.

A iniciativa dos dois países está baseada em quatro pilares: estratégia de saúde, fundo de reconstrução para solidariedade e crescimento, aceleração da transição ecológica e digital e fortalecimento da capacidade e soberania industrial europeia. A proposta precisa ser aprovada pelos demais 25 países que integram a União Europeia.

Os € 500 bilhões serão lançados nos mercados “em nome da UE”, ressaltou Macron. O presidente francês também destacou a economia verde: “Nossa mensagem é simples: a transformação verde de nossa economia não deve ser questionada, mas acelerada.”

O chanceler da Áustria, Sebastian Kurz, fez questão de deixar claro que a proposta da Alemanha e da França deverá encontrar resistência dos países do norte europeu.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor