Frango: 11 plantas perdem autorização de venda a sauditas

Produção das unidades brasileiras suspensas representa até 65% do frango halal exportado pelo país à Arábia Saudita.

A Arábia Saudita suspendeu nesta semana a importação de frango de 11 plantas produtivas brasileiras. A decisão foi divulgada por meio de lista no site da Saudi Food and Drug Authority (SFDA), na qual constam unidades que seguem autorizadas a exportar ao país árabe e aquelas que perderam a autorização.

Entre as fábricas que tiveram as vendas suspensas estão sete plantas da JBS, incluindo as da subsidiária Seara. As outras unidades são da Vibra Agroindustrial S/A e da Agroaraca Indústria de Alimentos Ltda.

Segundo o secretário-geral da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, Tamer Mansour, as plantas representam 50% da lista original e respondem por 65% do embarcado em frango halal pelo Brasil aos sauditas. A Arábia Saudita é o segundo maior mercado do frango brasileiro no exterior, absorvendo cerca de 12% das exportações do produto.

A Câmara Árabe divulgou, em comunicado, que aguarda nota técnica da autoridade saudita. “Tão logo tenha conhecimento do documento, a Câmara Árabe tomará as iniciativas adequadas junto aos órgãos competentes dos governos brasileiro e saudita, entidades de classe e empresas a fim de colaborar para reestabelecer o abastecimento de frango brasileiro halal para a maior economia da Liga de Estados Árabes”, informou em texto.

Na última quinta-feira, o Ministério das Relações Exteriores e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil divulgaram nota conjunta sobre o tema. “O Brasil reitera os elevados padrões de qualidade e sanidade seguidos por toda nossa cadeia de produtos de origem animal, assegurados por rigorosas inspeções do serviço veterinário oficial”, diz a nota. O governo afirma que também já iniciou contatos com as autoridades da Arábia Saudita e da embaixada da nação em Brasília para esclarecer o episódio.

A JBS informou à reportagem da ANBA, em nota, que procurou a SFDA “para dialogar e entender as motivações para o bloqueio das exportações de carne de frango para o país”. A empresa disse, ainda, que a produção antes destinada à Arábia Saudita já foi redirecionada para outros mercados.

A Arábia Saudita vem trabalhando para incentivar a produção local de frango e, inclusive, a brasileira BRF anunciou investimentos no país árabe. Em 2020, a BRF concluiu a aquisição de 100% da Joody Al Sharqiya Food Production Factory, empresa que desenvolve atividades de processamento de alimentos com planta localizada em Dammam, na Arábia Saudita. Ela também está construindo uma fábrica no país árabe.

 

Agência de Notícias Brasil-Árabe

Leia também:

Produtos de consumo da China devem atrair marcas internacionais

Artigos Relacionados

Airbus e chinesa AVIC fazem parceria

Um projeto de equipamento de fuselagem do Airbus A320 foi lançado em conjunto pela Airbus e pela Aviation Industry Corporation of China (AVIC) nesta...

Urna eletrônica: TSE é acusado de ignorar a ciência

Ausência de um representante do Tribunal ao debate irritou deputados.

WePAD aproxima público das fraldas geriátricas Tena

Ação pretende ajudar consumidores a desmistificarem tabu para compra do produto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

CVM lança novo Sistema de Gestão de Fundos de Investimento

A partir de 5 de julho, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) irá disponibilizar o novo Sistema de Gestão de Fundos de Investimento (SGF)....

B3 acolhe novo fundo gerido pela XP Asset

Aconteceu nesta terça-feira, na B3, o toque de campainha para comemorar o lançamento de mais um ETF (Exchange-Traded Fund), que é um fundo de...

Airbus e chinesa AVIC fazem parceria

Um projeto de equipamento de fuselagem do Airbus A320 foi lançado em conjunto pela Airbus e pela Aviation Industry Corporation of China (AVIC) nesta...

BID lança guia para ajudar na emissão de títulos sustentáveis

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) lançou um guia para auxiliar e fomentar a emissão de títulos temáticos. O lançamento acontece por meio do...

Vivant lança lata comemorativa ao Dia Internacional do Orgulho LGBT

A lata estampa as cores do arco-íris e traduz o posicionamento da empresa sobre o respeito à diversidade.