Fusões e aquisições expandiram quase 50% no 1º trimestre

A maioria envolveu empresas domésticas (384)

Pesquisa realizada, trimestralmente pela KPMG com 43 setores da economia brasileira, aponta que o número de fusões e aquisições, no primeiro trimestre deste ano, aumentou quase 50% em relação ao mesmo período do ano passado. De janeiro a março de 2022, foram 553 contra 375 negociadas em 2021. Em todo o ano passado, foram realizadas 1.963 operações.

Com relação ao tipo de transações, do total realizado este ano (553), a maioria envolveu empresas domésticas (384), representando cerca de 69%do total de transações e com crescimento de 57%.

A KPMG citou que os outros formatos de transação foram CB1 (empresa estrangeira adquirindo capital de empresa no Brasil) com 147 com crescimento de 27%, CB4 (empresa estrangeira adquirindo, de estrangeiros, empresa estabelecida no Brasil) com 15 e CB2 (brasileiro adquirindo, de estrangeiros,

A pesquisa mostra que os processos de fusões e aquisições de empresas brasileiras continuam bastante aquecido tanto para transações domésticas como para transações de empresas estrangeiras fazendo aquisições no Brasil. Esses números são bastante animadores para o ano apesar dos desafios que ainda se apresentam no contexto econômico local e internacional ”, analisa o sócio da KPMG, Luis Motta.

Empresas de internet

Entre os setores que mais fizeram transações estão as empresas de internet que continuam liderando com 242, seguidas por tecnologia da informação (83) e prestadoras de serviços (35). Os outros segmentos que se destacaram foram Instituições Financeiras (26), telecomunicação e mídia (20), educação (19), hospitais e clínicas (16), seguros (13) e transporte (12).

A representatividade dos segmentos voltados para transformação digital (empresas de Internet) e tecnologia da informação no total de transações foi de quase 60%, mantendo a tendência crescente dos vetores de tecnologia e inovação no contexto de fusões e aquisições de empresas brasileiras”, finaliza. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Ford Brasil: Centro global de exportação de serviços de engenharia

Projetos de ponta voltados ao futuro da mobilidade, como veículos elétricos, autônomos e conectados. 

Prazo para renegociar dívidas com a União é prorrogado até outubro

Estão disponíveis dez editais que preveem condições diferenciadas de pagamento dos débitos.

Bebidas Online busca captar R$ 2 milhões com pessoas físicas

Com crescimento projetado de 19% para 2022, startup de delivery de bebidas usará recursos nas áreas de marketing, desenvolvimento de produtos e expansão do time

Últimas Notícias

China intensifica esforços para aliviar carga tributária das empresas

Os ministérios da China lançaram uma série de políticas de apoio, com o objetivo de manter as empresas e os negócios autônomos à tona, em meio à epidemia de COVID-19, com foco no corte de taxas e impostos.

Reservatórios fecham junho com o melhor índice em 10 anos

Período seco está iniciando o seu terceiro mês e afluências devem ficar abaixo da média na primeira semana de julho.

China lançará esquema de conexão de swap de juros Continente-HK

O banco central chinês, o Banco Popular da China (PBOC), anunciou na segunda-feira a aprovação de três instituições de infraestrutura financeira para desenvolver um esquema de acesso mútuo conectando os mercados de swap de taxas de juros do continente chinês e da Região Administrativa Especial de Hong Kong (HKSAR), informou Xinhua Finance nesta segunda-feira.

Presidente do Egito inaugura teste de VLT fabricado na China

O primeiro sistema de transporte Veículo Leve sobre Trilhos Eletrificados (VLT) do Egito, construído em conjunto por empresas chinesas e egípcias, começou seu teste no domingo.

‘Estados nunca respeitaram o princípio da seletividade’

Segundo tributarista, lei do ICMS 'nada mais fez do que acompanhar decisão do STF'.