Fusão com America West ainda não está garantida

A fusão da US Airways com a America West Holdings Corp., por sua vez, não está garantida. Ontem o juiz federal norte-americano Stephen Mitchell divulgou a permissão concedida à US Airways para avaliar outras propostas de fusão que concorram com a oferta atual da America West.
Mitchell aprovou uma série de procedimentos que permitem que outros investidores qualificados façam propostas que ajudem a US Airways a sair da concordata. “Queremos ver se existe qualquer proposta melhor ou mais alta”, disse Brian Leitch, principal advogado da US Airways para assuntos relacionados à concordata. Até agora a proposta da America West e de um grupo de investidores é a única que foi negociada.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorIrmãos siameses
Próximo artigoSem condições

Artigos Relacionados

Qual a parcela de culpa da Ericsson no terrorismo?

Multi sueca é processada por pagar propina no Iraque que teria chegado ao Estado Islâmico.

BC eleva juros, mas inflação segue disseminada

Remédio errado a partir de diagnóstico equivocado.

Ainda é a economia

Redução dos preços coloca algum combustível na campanha de Bolsonaro.

Últimas Notícias

Seis milhões de empresas inadimplentes e o custo da dívida sobe 391%

Alta da Selic coloca empresas que possuem financiamentos e empréstimos em situação crítica.

Burocracia bancária faz sete em cada 10 brasileiros perderem dinheiro

Já Pix alcança o segundo lugar no ranking de meios de pagamento aceitos pelo comércio eletrônico.

‘Americano’?

Por Eduardo Marinho.

Jô Soares, eterno em nossos corações e mentes

Por Paulo Alonso.

Microcrédito para taxistas será votado na terça

Projeto de André Ceciliano abre linha de até R$ 80 mil para renovar frota.