26.1 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, janeiro 25, 2021

Futuros dos índices de NY e petróleo operam em recuperação

No exterior, os futuros dos índices de Nova Iorque e o petróleo abriram em recuperação hoje após as quedas do pregão anterior, mesmo com os investidores ainda temendo o avanço da Covid-19 e a crise política nos EUA. Às 7h27, o futuro do Dow Jones avançava 0,25%, acompanhado pelo do S&P 500 (+0,28%) e pelo do Nasdaq (+0,40%). O barril de WTI para março mostrava alta de 1,49%, a US$ 53,03, e o de Brent para o mesmo mês se fortalecia 1,53%, a US$ 56,51. Já o DXY cedia 0,03%, a 90,439 pontos. As Bolsas europeias tentam seguir Nova Iorque no momento e estão subindo em grande maioria, menos a Bolsa de Londres, a qual às 7h29, caía 0,28%, mas Frankfurt subia 0,02% e Paris estava em +0,04%. O euro estava em US$ 1,2554, de US$ 1,2158, e libra era cotada a US$ 1,3592, de US$ 1,3524 no fim da tarde de ontem.

.

Thiago Penteado

Trader Mesa de Câmbio

Travelex Bank

Leia mais:

Ibovespa sobe seguindo NY; dólar enfraquece ante moedas emergentes

IPCA de dezembro teve leitura de 1,35%

Artigos Relacionados

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Considerando foco na inflação de 2022, estamos considerando agora que BC começará a aumentar Selic em maio e não em agosto.

Primeira prévia dos PMI’s e avanço da Covid-19

Bolsa brasileira sucumbe ao terceiro dia de queda, mediante aos temores fiscais.

Exterior em baixa

Queda acontece em meio às preocupações com problemas para obtenções de vacinas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Considerando foco na inflação de 2022, estamos considerando agora que BC começará a aumentar Selic em maio e não em agosto.

Primeira prévia dos PMI’s e avanço da Covid-19

Bolsa brasileira sucumbe ao terceiro dia de queda, mediante aos temores fiscais.

Exterior em baixa

Queda acontece em meio às preocupações com problemas para obtenções de vacinas.

Más notícias persistem

Petróleo negociado em NY mostrava queda de 2,60% (afetando a Petrobras), com o barril cotado a US$ 51,75.

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.